Cartórios da região registraram mais óbitos do que nascimentos no primeiro semestre

 

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Todas as principais cidades da área de cobertura do SRC que ficam no estado de São Paulo registraram mais óbitos do que nascimentos de bebês no primeiro semestre de 2021.

O levantamento foi feito pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL junto ao portal da transparência do registro civil, que é abastecido pelos atos praticados nos cartórios de registro. O portal é administrado pela Arpen, que representa 836 cartórios de registro civil que atendem a população de todos os municípios paulistas.

Araçatuba, Andradina, Lins, Birigui e Penápolis tiveram mais mortes do que nascimentos neste período. Já o município de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, foi o único dentre os maiores municípios da área do SRC a registrar mais nascimentos do que óbitos no primeiro semestre.

A maior discrepância entre nascimentos e óbitos foi registrada pelo município de Lins. Entre janeiro e junho de 2021, mulheres deram à luz a 487 novos bebês, número que representa 72% do número de óbitos registrados no mesmo período dentre toda a população, que foi de 674.

Em Birigui, o número de nascimentos ficou em 652, número que ficou em apenas 79% do registro de óbitos na cidade, que chegou a 819 no período entre janeiro e junho deste ano.

Araçatuba e Penápolis tiveram a mesma diferença em termos percentuais, com o número de nascimentos representando 82% dos óbitos nos primeiros seis meses do ano. Em Araçatuba, foram 1.130 novos bebês e 1.372 registros de óbitos, enquanto Penápolis teve 354 nascimentos e 430 mortes de moradores.

Em Andradina foi registrada a menor das diferenças entre as principais cidades do noroeste paulista. Por lá, foram 350 novos nascimentos e 410 mortes, com o índice de novos bebês chegando a apenas 85% do número de pessoas que faleceram.

Três Lagoas foi o único município a registrar saldo positivo de nascimentos. Os primeiros seis meses do ano fizeram o município ganhar 969 novos bebês. Neste mesmo período, 831 moradores vieram a falecer. Neste caso, os nascimentos foram 16% a mais do que as mortes.

Pandemia quase dobra óbitos e diminui nascimentos em Araçatuba

O levantamento feito pela reportagem de O LIBERAL REGIONAL notou que o número de óbitos cresceu em todos os municípios a partir do mês de março, quando houve o maior pico da pandemia de covid-19, que ceifou vidas em todo o Brasil.

Araçatuba, por exemplo, teve um salto de 168 óbitos em fevereiro para 293 no mês de março, quando se iniciou o pico da pandemia. Dentre as mortes de março, 54% delas foram relacionadas à doença, que fez 159 vítimas fatais neste mês.

O mês de junho, o último do semestre, registrou 36% das mortes relacionadas à covid-19. Foram 222 ao longo do mês, sendo que 82 foram por causa da doença.

Em relação ao ano de 2020, a diferença no número de mortes é grande. Naquele ano, o primeiro semestre teve 815 óbitos registrados, apenas 59% do registrado neste ano. Em 2019, em um período pré-pandemia, foram registrados 890 óbitos no primeiro semestre.

Já os nascimentos foram a maior parte dos registros na cidade no primeiro semestre do ano passado. Foram registrados 1.225 nascimentos de bebês entre janeiro e junho de 2020, número 50% em relação aos óbitos no período.

Estado teve saldo positivo de nascimentos em relação aos óbitos

Em todo o estado de São Paulo, foram registrados 277.019 nascimentos entre os meses de janeiro e junho, enquanto no mesmo período o número de óbitos ficou em 248.624.

Mesmo assim, o número de pessoas nascidas no estado foi 12,8% do que a media de nascimentos desde 2003, além de 5,3% menor do que a de 2020. Já o índice de óbitos foi de 84% maior do que media estadual e 46% maior do que no ano passado.

 

 

Veja também

Construtora utiliza reciclador de entulho em obras e entrega edifícios com captação de água da chuva

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA A sustentabilidade e a convivência entre o desenvolvimento e o meio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *