Baep prende jovem com mais de 200 porções de maconha

Compartilhe esta notícia!

Uma jovem de 25 anos foi presa em flagrante na noite de quinta-feira (18) com diversas porções de maconha por policiais militares do Baep (Batalhão de Ações Especiais), no bairro Águas Claras, em Araçatuba.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as equipes estavam em patrulhamento nas imediações quando receberam denúncia de que a indiciada estaria realizando o comércio de entorpecentes no endereço. A viatura se deslocou até lá para fazer a averiguação.

Chegando até o local, os PMs flagraram a autora juntamente com outra mulher. Ambas foram abordas e revistadas. Na busca pessoal nada de ilícito foi localizado, em um primeiro momento. Porém, com o apoio do Canil, o cão Ragnar localizou um invólucro contendo 29 porções de maconha dentro do box de uma cama e o valor de R$ 89,00 em dinheiro no interior de uma mala pertencente à primeira investigada.

A segunda abordada era a proprietária da residência e foi ela quem permitiu que a traficante ficasse no imóvel. Ela informou em depoimento que a colega estava em sua casa desde o dia 15 de março. Mas a presa divergiu dessa informação e contou que teria se mudado naquele dia, ou seja, no dia 18. Em continuidade com as buscas, os policiais encontraram mais 210 porções de maconha dentro do telhado da residência e uma balança de precisão.

Diante disso, a jovem de 25 anos recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado até a delegacia para prestar depoimento. A dona da casa foi liberada, já que a polícia não encontrou indícios de que ela também participasse do tráfico de drogas.

O delegado plantonista manteve a prisão em flagrante da indiciada e a deixou à disposição da Justiça. Ela foi transferida para uma cadeia pública feminina da região para aguardar decisão judicial. A Polícia Civil abriu inquérito para dar prosseguimento às investigações do ocorrido.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Tribunal de Justiça amplia número de réus da Operação Raio-X

Compartilhe esta notícia!Por decisão da 3ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça, todos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *