DOSE - Quase 5 mil pessoas precisam tomar a segunda dose da AstraZeneca em Araçatuba

Região de Araçatuba ainda não registra falta de vacinas da AstraZeneca

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A região de Araçatuba não registrou intercorrências, até o momento, por causa da falta de vacinas da AstraZeneca registrada em alguns estados do Brasil, dentre eles, o estado de São Paulo. Enquanto em diversos locais, foi registrada falta do imunizante deste fabricante, a região seguiu cronograma normal de aplicação de vacinas de segunda dose em suas respectivas populações.

 

Nesta terça-feira (14), municípios do estado como a própria Capital Paulista e outros, até do noroeste paulista, como São José do Rio Preto, passaram a aplicar doses da vacina Pfizer em pessoas que haviam tomado a primeira dose da AstraZeneca no mês de junho.

 

A reportagem consultou locais de vacinação em Araçatuba, Birigui e Guararapes, e todos possuíam, até ontem, doses disponíveis de AstraZeneca para o complemento do ciclo vacinal de seus moradores.

 

Em Araçatuba, por exemplo, eram 4.919 pessoas que ainda precisavam completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina produzida pela Fundação Oswaldo Cruz. Segundo o município, caso haja falta da AstraZeneca, o município também deverá utilizar doses da Pfizer, assim como já ocorre em outras localidades.

 

Segundo o governo do estado, houve déficit nas entregas das doses de AstraZeneca de pelo menos 1 milhão de unidades do imunizante por parte do Ministério da Saúde. 

 

A Fundação Oswaldo Cruz, que fabrica a vacina, havia anunciado no último dia 3 de setembro que ficaria por duas semanas sem entregar as doses combinadas ao governo federal por causa da falta de insumos. Houve atraso na entrega do IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo), que vem da China, e é um componente utilizado na fabricação das doses. 

 

De acordo com a Fiocruz, serão entregues até o final do mês mais 15 milhões de doses ao governo federal. Até o final da semana, nova remessa deverá ser entregue. A produção das doses demora cerca de três semanas. 

 

Nos locais como São José do Rio Preto, onde a vacina da Pfizer está sendo aplicada para pessoas que tomaram a primeira dose da AstraZeneca e que tinham a segunda dose agendada para os 15 primeiros dias de setembro, houve autorização para o intercâmbio de doses dado pelo Comitê Científico do governo estadual e pelo Programa Estadual de Imunização. 

 

Por essa autorização, é que os municípios da região já se preparam para adotar a mesma estratégia, caso acabem as vacinas da AstraZeneca e não cheguem novas remessas ao Departamento Regional de Saúde em Araçatuba. 

 

Locais

 

Em Araçatuba, as vacinas contra a covid-19 estão sendo aplicadas nos dois shoppings e no ponto do Morada dos Nobres, das 10h às 19h; na unidade básica de saúde do Engenheiro Taveira, das 8h às 19h; e no Multi Shop, das 9h às 17h, de segunda à sexta. Aos sábados, nos dois shoppings das 8h Às 18h e no Multi Shop das 9h Às 14h.

 

Em Birigui, o local de vacinação principal é o drive-thru do terminal rodoviário, que funciona de segunda à sexta das 7h30 às 18h, e aos sábados em horários variáveis. Já em Guararapes, a vacina fica disponível na UBS Akira Motsumatsu e no ginásio de esportes das 8h às 16h30 de segunda à sexta. 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Diretoria inicia ações da ‘semana Nacional de Trânsito’

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS É celebrado este ano entre os dias 18 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *