Vítimas de ataques a bancos continuam internadas

Compartilhe esta notícia!

O paciente, de 31 anos, que foi baleado e sofreu um acidente durante os assaltos às agências bancárias de Araçatuba continua internado em estado grave na Santa Casa da cidade. O boletim médico foi divulgado na manhã dessa segunda-feira (6) pela assessoria de imprensa da unidade hospitalar. A Polícia Federal continua investigando os ataques.

De acordo com o boletim médico, o paciente está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sedado e intubado. Apesar da gravidade do estado dele, o quadro clínico é estável. Outros dois pacientes também seguem internados. Um deles é um jovem de 25 anos que teve os pés amputados por conta da explosão de um artefato na área central. Segundo o hospital, ele e outro paciente, este de 38 anos, seguem internados em quadros clínicos estáveis e sem previsão de alta.

Até o momento, seis pessoas foram presas por suspeita de participação nos assaltos. Três delas tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça Federal de Araçatuba. Outros dois suspeitos, já identificados, morreram depois de serem atingidos durante intensa troca de tiros com policiais militares.

Além disso, na terça-feira (31), um dia depois dos crimes, a PF deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão na cidade de Guararapes, em endereço ligado aos presos em flagrante e angariou elementos para as investigações. Segundo a polícia, as pessoas presas até agora atuavam como “olheiras”, justamente para monitorar a movimentação da polícia.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Polícia Rodoviária Federal apreende quase uma tonelada de maconha em Penápolis

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS No início da tarde de domingo (26), equipe da …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *