Professor de matemática morre após aplicar substância nas coxas

A Polícia Civil de Araçatuba abriu inquérito para investigar a morte do professor de matemática Gustavo Henrique Gonçalves, de 26 anos. Ele morreu depois de aplicar uma substância nas coxas pensando se tratar de anabolizantes. O sepultamento do rapaz aconteceu na tarde dessa sexta-feira (3).

O pai do jovem procurou a Central de Flagrantes na tarde de terça-feira (1) e contou aos investigadores que o filho foi atendido no Pronto-Socorro Municipal e depois teve que ser transferido para a Santa Casa por conta do agravamento do estado clínico.

Ainda segundo o registro policial, consta na guia de encaminhamento da unidade hospitalar que o professor teria aplicado ricina intramuscular nas duas coxas, que seria um produto a base de óleo de mamona, acreditando se tratar de anabolizante.

O diagnóstico inicial foi de intoxicação exógena e acidose metabólica grave por envenenamento. O quadro do paciente evoluiu para insuficiência respiratória, insuficiência renal aguda e choque séptico. Ele morreu por volta das 13h30 de quarta. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) e passou por exame necroscópico. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

O caso foi registrado como morte suspeita e um inquérito foi aberto para dar andamento aos trabalhos investigativos.

 

Veja também

Trio usava CNHs falsas para fazer compras fraudulentas na região

Três pessoas foram presas, entre elas um homem de 37 anos e duas mulheres, de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.