14.1 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 10, 2022

Saúde investiga casos suspeitos de sarampo

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Foram notificados cinco casos suspeitos de sarampo neste ano em Três Lagoas, segundo informou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Vigilância Epidemiológica. Os pacientes acompanhados são crianças de 01 a 09 anos de idade, que apresentaram sintomas característicos da doença.

O diagnóstico não é imediato, pois são necessários diversos exames para confirmação da doença. Na semana passada, três crianças concluíram a investigação e os exames deram negativo para o sarampo, os outros dois casos suspeitos seguem em investigação.

De acordo com dados informados pela Vigilância Epidemiológica, o último caso confirmado em Três Lagoas foi no ano de 2019. Dos cinco suspeitos, uma das crianças não foi imunizada.

 

DOENÇA VOLTANDO

O médico de família e comunidade da Vigilância Epidemiológica da SMS, Vinícius de Jesus Rodrigues, explica que a doença vinha sendo erradicada, porém novos casos têm aparecido nos últimos anos. “Esse aparecimento ocorre por conta da redução da vacinação contra o sarampo. Para conter o problema, é necessária a imunização de pelo menos 95% da população alvo, taxa que vem caindo ano a ano”, disse.

 

Atualmente, em Três Lagoas, de acordo com dados da Coordenação de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a cobertura da vacinação contra sarampo em crianças está em 38,65%, contabilizando que apenas 3.224 se vacinaram de uma meta de 8.484 pessoas previstas, distante do ideal e um risco para a saúde pública

 

O QUE É O SARAMPO?

O sarampo é uma infecção causada por vírus altamente transmissível. O contágio acontece principalmente por via respiratória, onde gotículas de saliva contendo o vírus são inaladas por pessoas que permanecem próximas da pessoa contaminada. Portanto, o uso de máscaras é um fator protetor contra a doença.

 

Ultimas Noticias