Ricardo Lemes, do PSDB, recebe mais da metade dos votos válidos e é o novo prefeito de Piacatu

Compartilhe esta notícia!

Ricardo Lemes (PSDB) foi eleito o novo prefeito de Piacatu. Em eleição suplementar realizada neste domingo (3), o candidato tucano chegou a 57,37% dos votos válidos e comandará o município de mais de 6 mil habitantes até 31 de dezembro de 2024.

Lemes recebeu 1.883 votos somando as 14 seções eleitorais de Piacatu, quase o dobro do segundo colocado, Markinho do Mazão (Podemos), que teve 962 votos, ou 29,31%. O vereador José Carlos Totó (PTB) teve apenas 437 votos e ficou na terceira posição, com 13,32% dos votos válidos.

Dos 4.518 eleitores aptos a votar em Piacatu, apenas 3.454 compareceram às urnas no último domingo, o que corresponde a 76,44%. A abstenção foi de 23,56%, sendo que 1.064 eleitores deixaram de votar. Foram contabilizados 122 votos nulos (3,53%) e 50 votos brancos (1,45%).

Eleitores que deixaram de votar poderão justificar através do aplicativo e-Título, disponível para iOS e Android, no Justifica Brasil. O prazo para a justificativa é de dois meses e vai até o dia 2 de dezembro. Também é possível fazer a justificativa em qualquer cartório eleitoral.

A diplomação do novo prefeito Ricardo Lemes (PSDB) e de sua vice, Bia Ramos, deve acontecer até o próximo dia 8 de novembro.

Motivo

As eleições suplementares em Piacatu ocorreram porque o prefeito eleito no pleito de novembro do ano passado, Euclásio Garrutti (DEM), teve a sua candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa, já que ele condenado por improbidade administrativa.

Garrutti buscava seu quinto mandato e teve seu pedido de registro de candidatura indeferido por um juiz de primeira instância. A decisão foi mantida pelo Tribunal Regional Eleitoral, que rejeitou os embargos de declaração em 2 de dezembro. O Tribunal Superior Eleitoral manteve a decisão do TRE.

Desde 1 de janeiro de 2021, data da posse, o município de Piacatu está sendo comandado pelo presidente da Câmara Municipal, David Lemes Ferraz (PSDB).

As eleições suplementares aconteceriam em março, mas foram adiadas para julho, posterior para agosto, e finalmente foram realizadas no começo de outubro. Os adiamentos anteriores ocorreram devido à pandemia de covid-19.

Novo prefeito

Ricardo Lemes tem 54 anos de idade e era o representante “de governo” das eleições. Lemes havia vencido as eleições na chapa de Garrutti como vice-prefeito em 2020, e após a candidatura barrada do titular, lançou candidatura própria nas eleições suplementares.

Ele é agricultor e fez parte da coligação “Juntos somos mais fortes”, englobando PSDB e DEM.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Shopping faz entrega de mil exemplares de livro em escolas e entidades de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como parte da programação do mês das crianças, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *