CASOS - Lins já teve 309 casos de dengue em 2021

Lins faz nebulização em bairros contra a dengue; município teve mais de 300 casos no ano

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – LINS

O setor de controle de vetores da prefeitura de Lins fez uma ação de combate à dengue em alguns bairros do município nesta sexta-feira (25).

Houve visitação domiciliar e nebulização contra o mosquito aedes aegypti, causador da doença e de outras como Chikungunya e Zika vírus.

Os agentes estiveram durante o horário comercial recolhendo objetos que podem ser criadouros do mosquito e entrando nas casas com moradores para explicar sobre as medidas de prevenção à dengue.

As equipes da prefeitura percorreram ruas dos bairros Emílio Lopes, Lins V, Lins VI e Conjunto Habitacional Ana Carolina.

De acordo com números divulgados pela vigilância epidemiológica de Lins, nesta semana, o município registrou 309 casos de dengue. Os números correspondem aos dados obtidos até o dia 24 de junho.

Foram 621 casos notificados, com 172 suspeitos e 135 casos negativos.

Prevenção

Além das medidas básicas para evitar o acúmulo de água parada, alguns cuidados com a limpeza são fundamentais para combater a proliferação da dengue e de outras doenças transmitidas pelo mosquito, como a zika e a chikungunya.

Redobrar os cuidados com ralos, descarte do lixo e a limpeza de calhas e de telhas são fundamentais para evitar o surgimento de novos criadouros.

Se os ralos da casa não possuem sistema para vedação, o recomendável é a instalação de telas. O mosquito gosta de lugares escuros e úmidos para se proliferar, por isso, os ralos são lugares ideais.

Outra dica é descarte do lixo corretamente e em horários próximos à coleta de lixo. Isso evita o acúmulo de água nos dias chuvosos. É necessário também fazer a limpeza de telhas e calhas para evitar o acúmulo de água parada.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Prefeitura fará plantão do refis municipal no sábado

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUI A Prefeitura de Birigui, por meio da Secretaria de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *