20.3 C
Araçatuba
terça-feira, agosto 9, 2022

Pré-candidato à presidência promete visita à região

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Na última segunda-feira (11), o partido NOVO oficializou a pré-candidatura do cientista político Felipe D´Ávila à Presidência da República, que terá como vice o deputado federal por Minas Gerais, Felipe Mitraud. 

Em entrevista exclusiva concedida que vai ao ar na edição desta quinta-feira (14) do Jornal da Clube, da Clube FM 96,3, exibido às 7h, o pré-candidato confirmou que passará por Araçatuba durante a campanha em agenda com o pré-candidato do partido ao governo do estado, Vinicius Poit.

Ele, porém, não confirmou a data já que sua equipe está estudando as duas agendas para coincidir os trabalhos em São Paulo

“Vamos andar pelo estado, vou fazer uma visita em Araçatuba ao lado do nosso pré-candidato Vinicius Poit. Estamos fazendo agendas conjuntas no estado de São Paulo. Já estivemos pela região, mas não fui até Araçatuba, mas certamente depois que começar a eleição (campanha) estaremos aí”, disse. “Ainda não, estamos definindo agenda porque tem que definir a minha agenda com a do Vinicius”, completou D´Ávila ao ser perguntado sobre a data da visita.

De acordo com o cientista político, as intenções do NOVO nas eleições serão dar uma alternativa ao eleitor além dos pré-candidatos mais comentados – Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) -, aumentar a bancada na Câmara e reeleger o governador de Minas Gerais, Romeu Zema.

“Nós temos três grandes objetivos. Primeiro é dar ao eleitor brasileiro uma alternativa clara a esta polarização e ao radicalismo que vem destruindo a democracia, a economia, a renda, e o emprego no Brasil. O povo não pode achar que só tem Lula e Bolsonaro… Segundo ponto, queremos sim aumentar o número de deputados… E terceiro ponto é reeleger nosso governador em Minas Gerais, Romeu Zema, o melhor governador do Brasil”, afirmou.

O pré-candidato do NOVO à presidência ainda colocou em dúvida outros nomes que surgem como a chamada “terceira via” para as eleições como Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), dentre outros. 

Para ele, ainda haverá desistências até as convenções partidárias e o início da propaganda eleitoral no rádio e na TV, a partir de 16 de agosto.

“Vamos esperar para ver quem vai ser candidato para valer né. Acho que ainda terá muita desistência. Nós estamos firmes, vamos até o fim, seremos candidatos. Olha quantas pessoas já apareceram nessa terceira via e já desapareceram, como Luciano Huck, Sérgio Moro, João Doria, precisa ver quem é vai estar neste grid de largada que vai ser anunciado dia 16 de agosto. Ainda acho que tem muito pré-candidato que não vai estar no grid”, completou D´Ávila. 

 

 

Ultimas Noticias