Memórias de quarentena

Compartilhe esta notícia!

Nos percalços desse tempo
é preciso perceber
que as marcas dessa dor,
vão doer, enlouquecer,
Com o tempo se percebe
que essa dor é passageira,
se desfaz como poeira,
e veio pra ensinar.

A quarentena chegou
e chegou para ficar,
nos mostrando que o tempo
não tem hora e nem lugar,
é preciso aprender
que qualquer tempo de cura,
fase triste que se perdura,
não depende só de você.

Encontre o seu caminho
mesmo que se sinta sozinho,
mesmo que tropece e caia,
com sua face em espinho.
O mundo é obscuro,
o momento é de reflexão,
mas entenda que é no apuro
que se encontra a solução.

Aprenda de uma vez
em tempos de quarentena
tem que saber desviar
daquilo que te condena,
da maldade no olhar,
tem que se policiar.
Aprenda a ter cuidado
com a inveja e a ingratidão,
quem não tem pudor na vida
acaba na solidão.

Por isso é importante
ter coragem sem temer,
ter fé e seguir adiante
sem ter medo de perder,
pois a vida é uma estrada
que às vezes necessita
descansar, dar uma parada
pra de novo caminhar.

Aprenda com a quarentena
a ser luz, ser salvação
àqueles que não enxergam
um palmo na escuridão.
Se livre de pensamentos
que amarram e aprisionam,
se apegue a coisas boas
que fortalecem e impulsionam.

A vida é um mistério
aprenda essa lição,
que o tempo que imaginamos
é feito de ilusão,
não se apegue a bobagens,
evite decepção,
ame a Deus de coração
e encontrarás direção.

 

Fábio Ricardo Ambrósio
é advogado, empresário e poeta. Tem mestrado em Direito Internacional Bancário e Financeiro


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Banco de Sangue de Araçatuba convoca doadores

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O Banco de Sangue de Araçatuba faz um apelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *