Lutadora de Birigui finaliza americana no 1º Round no LFA 98

Compartilhe esta notícia!

DAVID PRATES

O Legacy Fighting Alliance é um dos principais eventos de MMA do mundo na atualidade, sendo uma porta de entrada de revelações para o UFC, o mais conhecido evento da modalidade e sonho de todo lutador de MMA.

E na sua última edição (29/01) em Wichita, Kansas (EUA) contou com a presença de uma atleta natural de Birigui, mas que vive a 3 anos em Ventura, California (EUA)  e segue invicta no MMA.  Tabatha Ricci, de  25 anos já conta com 4 vitórias em seu cartel e nenhum a derrota, e finalizou a americana Vanessa Marie Grimes com um armlock (chave de braço)  no primeiro round com transmissão ao vivo no Brasil pelo Canal Combate.

“O amor pelas artes marciais está em mim desde que eu era uma menininha” , diz Tabataha que é filha de Carlos “Trovâo” Salto, atleta biriguiense muito respeitado no judô brasileiro e professor do curso de Ed Física da Unitoledo de Araçatuba. “Ser uma atleta profissional sempre foi um sonho, desde pequena sempre soube o que queria e tenho trabalhado muito para isso”.

 

Sobre o UFC, Tabatha diz que “é um dos meus grandes sonhos, chegar lá e lutar com as melhores do mundo, e me destacar na minha categoria. Quero fazer parte da elite do  MMA” . Ainda disse que recebeu o convite para lutar de novo no LFA agora em março, mas sem a edição do evento definida.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Mais de 500 empresas fecharam as portas em Araçatuba durante a pandemia

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA As medidas restritivas impostas pelos governos estadual e municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *