22.6 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 25, 2022

Em Araçatuba, Ipem-SP detecta erros em bombas durante operação Combustível Limpo

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, e órgão delegado do Inmetro, integrou a 22ª etapa da Operação Combustível Limpo, realizada nesta sexta-feira (13), em postos de combustíveis em Araçatuba. A força-tarefa tem a finalidade de combater fraudes e irregularidades em postos de combustíveis. 

No Auto Posto Monezi Ltda, localizado na rua Bolívia, nº 764, Vila Industrial, das 9 bombas medidoras de combustíveis líquidos verificadas pelos fiscais do Ipem-SP, foram encontrados erros em 4. O maior erro foi menos 162 ml a cada 20 litros abastecidos contra o consumidor e vazamento do bico de descarga. 

Os fiscais do Ipem-SP também estiveram no VLM Comércio de Combustíveis Ltda, na avenida Joaquim Pompeu de Toledo, nº 1.400, na Vila Estádio. Das 6 bombas medidoras verificadas, 5 foram reprovadas. As irregularidades detectadas foram erro de menos 100 ml a cada 20 litros abastecidos contra o consumidor, dígito queimado do instrumento e vazão da bomba não atingiu 50% do tolerado.  

No Palácio Petróleo Centro de Abastecimento Eireli, na rua dos Fundadores, nº 1.641, no Novo Umuarama, das 6 bombas verificadas, 2 estavam irregulares, devido a mangueira do instrumento em mau estado de conservação e vazamento do bloco medidor.  

A força-tarefa envolve o trabalho de sete órgãos do Governo, entre eles, Secretarias da Justiça e Cidadania (SJC), responsável pela coordenação; Segurança Pública; Fazenda e Planejamento; Infraestrutura e Meio Ambiente; Saúde; Ipem-SP e Procon-SP. 

Desde a sua criação, em outubro de 2021, a Operação Combustível Limpo fez 22 operações. As equipes do Ipem-SP fiscalizaram 100 postos nas cidades de São Paulo, Araçatuba, Campinas, Guarujá, Santos, Osasco, Praia Grande, Registro, Santo André, São Bernardo do Campo e Taboão da Serra. Destes, 51 estabelecimentos apresentaram irregularidades e foram autuados pelos fiscais do instituto. 

Caso o cidadão identifique algum estabelecimento que apresente irregularidades, a denúncia pode ser feita para a Ouvidoria do Ipem-SP pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo e-mail ouvidoria@ipem.sp.gov.br. 

 

Ultimas Noticias