Educação de Aracanguá retoma aulas presenciais

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Departamento de Educação e Cultura de Santo Antônio do Aracanguá retomou, na segunda-feira, (16), as aulas presencias da rede municipal de ensino, com alunos do ensino fundamental I e II. 

A equipe gestora da Educação explica que após um ano e cinco meses de aulas suspensas devido à pandemia da covid-19, o retorno presencial dos estudantes para o segundo semestre do ano letivo será feito de forma gradual, iniciando a partir de 16 de agosto com os alunos do ensino fundamental I e II, e no dia 23 de agosto com as crianças da pré-escola (4 e 5 anos). 

Todas as unidades escolares obedecem aos protocolos de segurança da Vigilância Sanitária e normativas do Ministério da Educação, com orientações sobre higienização frequente das mãos e distanciamento social, uso de álcool em gel e de máscara, além da sanitização frequente dos ambientes. 

Para que tudo ocorresse de forma satisfatória, com qualidade e segurança no retorno às aulas presenciais, a equipe buscou inicialmente alternativas para receber de forma acolhedora os profissionais da educação, com a realização de um evento especial incluindo palestra de psicóloga, sarau com representantes das igrejas locais e homenagens entre a comunidade escolar, com a presença do prefeito Roberto Doná que fez questão de prestigiar o momento com os professores. Já a recepção dos alunos se estendeu por toda a semana, com ações diversificadas respeitando todos os protocolos sanitários, com palestras, músicas e outras atividades motivacionais para que todos se sentissem bem acolhidos.

Segundo a diretora do Departamento de Educação, Adriana da Silva Bacchiega, a decisão do retorno das aulas presenciais no dia 16, foi definida de forma criteriosa, pois o objetivo não era apenas receber os alunos e professores dentro das escolas, mas sim, como recebê-los de forma acolhedora e com segurança diante dos desafios impostos pela pandemia. “Primamos sempre pelo respeito à vida dos alunos, da família, professores e funcionários, pois muitos sofreram diretamente os efeitos da pandemia, por isso, mais do que voltar para a escola, todos merecem serem bem acolhidos”, disse Adriana. “Sabemos da nossa responsabilidade comprometimento com a Educação, por isso nossas ações tem sido pautadas na qualidade desse retorno presencial, afinal nesse momento tão incerto precisamos acolher para celebrar a vida”, conclui a diretora.     

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Balconista é preso com 85 tijolos de maconha

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O balconista G.G.S, 38 anos, residente em Goiânia (GO), …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *