21.7 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 17, 2022

Servidor público e namorada são presos por tráfico

Um casal de namorados foi preso na madrugada de quinta-feira (07), em Araçatuba, depois de serem flagrados dentro de um apartamento que funcionava para refinar cocaína. O caso aconteceu em um condomínio residencial localizado na rua Conde Zepelin, no bairro Vila Aeronáutica.

Os policiais militares conseguiram chegar até os criminosos depois que receberam um chamado de uma mulher através do 190. A testemunha dizia que estava recebendo ameaças da dupla, já que é usuária de drogas e teria comprado entorpecentes com os dois e até aquele momento não havia quitado a dívida com os traficantes.

Os PMs deslocaram-se até o endereço da solicitante a fim de averiguar a situação. Chegando lá, as equipes se depararam com os suspeitos. Na revista pessoal, a polícia localizou cinco pinos contendo cocaína escondidos no bolso da bermuda que um servidor público municipal de 26 anos de idade vestia. Já com a namorada dele, uma mulher de 27 anos, nada de ilícito até aquele momento não havia sido encontrado.

O rapaz confessou que comercializava entorpecentes. Ele fazia o refino da cocaína e vendia o pino por dez reais. Toda a negociação acontecia por meio do WhatsApp. A namorada do autor cedia o apartamento para que ele praticasse o crime.
Com essas informações, os policiais foram até o apartamento a fim de fazer uma vistoria. Lá dentro foram encontrados um liquidificador, peneira, materiais químicos para o refino de entorpecentes, R$ 950,00 em dinheiro, uma porção grande com cocaína, além de maconha.

A dupla recebeu voz de prisão e foi levada até a Central de Flagrantes para prestar depoimento. O delegado plantonista manteve a prisão por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Eles passaram por audiência de custódia na manhã de ontem e permaneceram á disposição da Justiça.

Todo o material foi apreendido e passaria por perícia técnica. A Polícia Civil abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso.

Ultimas Noticias