ATENTO - Polícia Militar evita assalto durante patrulhamento

Polícia Civil investiga assalto em residência

A Polícia Civil de Araçatuba vai abrir inquérito para investigar o roubo a uma residência ocorrido na última quinta-feira (25) no bairro Boa Vista. O boletim de ocorrência foi registrado na noite de sexta-feira (26). Uma família foi feita refém pelos criminosos.
Uma das vítimas procurou a Central de Flagrantes e informou em depoimento aos investigadores que dois bandidos chegaram ao local com alto-falantes para serem consertados, já que em frente ao imóvel funciona uma oficina. Ao abrir o portão, o pai da jovem foi rendido pelos autores, que estavam com duas armas de fogo.
Eles anunciaram o assalto e amarraram o homem usando fita crepe. Dentro da casa também estavam a mãe da declarante, uma irmã e uma amiga. Todos foram rendidos e colocados na cozinha. Lá, eram vigiados por um dos suspeitos, enquanto o outro revirava todos os cômodos em busca de objetos de valor.
Um dos bandidos fazia ameaças e perguntava a todo o instante a respeito de dinheiro. Os criminosos subtraíram R$ 2.600,00 em dinheiro, celulares, documentos pessoais, cartões bancários, uma bolsa, carregador, dois controles de portão elétrico, além de bijuterias. Uma motocicleta também foi levada durante a ação criminosa.
Os bandidos fugiram e não foram localizados. Os policiais militares foram acionados e fizeram diligências na tentativa de localizá-los. Os celulares das vítimas foram encontrados no mesmo dia por meio do aplicativo de rastreio. Os aparelhos estavam enterrados perto de uma árvore na rua José Expedito Xavier, no bairro Atlântico 2, zona norte da cidade.
No local também foram encontradas algumas roupas, provavelmente utilizadas pelos ladrões. Já a Honda/Biz estava perto de um posto de combustíveis desativado. A polícia realizou a apreensão dos objetos e depois os entregou às vítimas. A Polícia Civil abriu inquérito para dar prosseguimento aos trabalhos investigativos. Ninguém ficou ferido durante o assalto.

Veja também

Trio usava CNHs falsas para fazer compras fraudulentas na região

Três pessoas foram presas, entre elas um homem de 37 anos e duas mulheres, de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.