Pensionista é preso após agredir a tia e ameaçá-la com faca

Um pensionista de 30 anos foi preso na tarde de quarta-feira (24), em Andradina, depois de agredir a própria tia durante uma discussão. Ela já havia registrado um boletim de ocorrência dois dias antes de ameaça e injúria contra o indiciado.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, os policiais militares foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para atendimento de desinteligência envolvendo familiares.

No local fizeram contato com a solicitante, a qual relatou ter se desentendido com o sobrinho e este, após o desentendimento a agrediu com puxões de cabelo, a arremessou ao solo e atirou contra ela uma cadeira plástica, além de blocos de construção, que acabaram acertando o braço esquerdo.

O sobrinho da vítima também utilizou uma faca para ameaçá-la. Ela, inclusive, registrou boletim de ocorrência contra ele no último dia 22 de novembro de ameaça e injúria na Delegacia de Defesa da Mulher. Os policiais militares confirmaram a existência dos blocos de construção na via pública, confirmando a versão apresentada pela declarante.

Diante disso, o autor recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado até a DDM para prestar esclarecimentos. A delegada responsável pelas investigações manteve a detenção por violência doméstica e o deixou à disposição da Justiça. A faca utilizada na ação criminosa não foi localizada. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento aos trabalhos investigativos.

 

Veja também

Homem suspeito de cometer dupla tentativa de homicídio vai a julgamento

A Justiça de Araçatuba julga nessa quarta-feira (1) Sidnei Alves, acusado de cometer dupla tentativa …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *