Mais de 80 pessoas são abordadas durante operação contra o tráfico

A Polícia Militar de Araçatuba e Andradina deflagrou entre a tarde e a noite de quinta-feira (25) a operação Narco Brasil com o objetivo de coibir o tráfico de drogas nas diversas cidades do noroeste paulista. O policiamento foi reforçado, inclusive nas divisas de estado, com o apoio do Baep (Batalhão de Ações Especiais), Canil, Polícia Militar Ambiental e Força Tática.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, a operação ocorreu na rodovia Marechal Rondon (SP-300), na divisa do estado de Mato Grosso do Sul e na cidade de Ilha Solteira, perto da ponte da usina hidrelétrica do município.

Na ocasião, veículos de passeio, caminhões e ônibus foram vistoriados, pessoas e bagagens revistadas e busca de drogas, armas e pessoas procuradas pela Justiça. “Mesmo não tendo havido prisões, o comando do 28ºBPM/I considera o resultado bastante positivo, pois o esforço ao policiamento trouxe a sensação de segurança aos moradores da região, declarando ainda que as operações irão continuar, em dias e horários alternados”, declarou a PM, por meio de uma nota.

Ao todo foram feitos dois pontos de bloqueios, sendo fiscalizados 62 carros, 28 motos e dois ônibus. Também foram abordadas 81 pessoas, três caminhões vistoriados e 95 condutores abordados.

VALPARAÍSO

Em Valpaaraíso, uma mulher foi presa com 97 porções de crack, duas porções de maconha, três estojos deflagrados de calibre 38, 2.046 pinos plásticos vazios, dois cadernos com anotações do tráfico de entorpecentes, dez reais em dinheiro e um celular. A apreensão ocorreu pela rua Gesuíno José de Souza, no bairro Quatrocentas Casas.

A reportagem apurou que a autora caminhava pela via pública e ao perceber a presença policial mudou o caminhão repentinamente. Durante a abordagem, ela entregou duas porções de maconha que estavam dentro do short que vestia e contou que havia mais entorpecente em outro local.

A polícia foi até a área indicada por ela e realizou a apreensão do restante dos produtos. A mulher foi levada até a delegacia local e prestou depoimento. O delegado manteve a detenção por tráfico de drogas e posse ilegal de munição e a deixou à disposição da Justiça. Ela foi transferida na manhã dessa sexta-feira (25) para uma unidade prisional feminina da região. O caso será investigado por meio de inquérito policial.

Veja também

Funcionário de empresa morre atropelado pelo próprio colega na Rondon

FOTO CEDIDA: GUARARAPES SORRISO NEWS O funcionário de uma empresa que realiza obras de recuperação …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *