24.1 C
Araçatuba
terça-feira, junho 28, 2022

Justiça condena homem que matou morador de rua com bloco de concreto

A Justiça de Araçatuba condenou Lucinei Pereira da Rocha a 12 anos de prisão pelo assassinato de Donizeti Aparecido de Oliveira. O crime ocorreu no último dia 19 de julho de 2020 na Praça da Funerária e Capela Municipal de Araçatuba, localizada na Avenida Prestes Maia, no bairro Planalto.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o réu não poderá recorrer da sentença em liberdade. Os jurados rejeitaram as teses de legítima defesa e violência emoção apresentadas pela defesa. O julgamento foi presidido pelo juiz de direito Henrique Castilho Jacinto.

Consta na denúncia apresentada pelo Ministério Público, representado pelo promotor Adelmo Pinho, que o autor e a vítima, ambos moradores de rua, estavam no local consumindo bebidas alcoólicas. Em determinado momento, alguém derrubou um copo de pinga da vítima e ela acusou o réu de tê-lo feito, passando a ofendê-lo verbalmente, além de ter dado um tapa no rosto.

O acusado não se conformou com as agressões sofridas, se apoderou de um bloco de concreto e golpeou Oliveira na cabeça por diversas vezes. Em seguida, ele fugiu a pé. Já o homem não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Ao ser preso, Lucinei confessou o crime à polícia. Desde então, segue preso em uma unidade prisional da região.

 

Ultimas Noticias