20.4 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 26, 2022

TOR APREENDE MAIS DE 250 TABLETES DE MACONHA NA RONDON

Um operador de máquinas de 24 anos foi preso em flagrante depois de uma fuga alucinada pela rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Valparaíso, região de Araçatuba. O veículo que o rapaz estava tinha centenas de tabletes contendo maconha e haxixe.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, a ocorrência começou por volta de 9h30 de sábado (28), no quilômetro 576 da rodovia. Policiais rodoviários do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) faziam fiscalização de rotina quando desconfiaram do automóvel VW/Gol, com placas de Campinas, e decidiram fazer a abordagem.

O motorista, identificado mais tarde pelas iniciais D.A.A.D, não respeitou a ordem e fugiu em alta velocidade da polícia. A partir desse momento, uma perseguição teve início pela Rondon e contou com o apoio de outras viaturas da Polícia Rodoviária da região de Araçatuba.

Alguns minutos depois de acompanhamento, os policiais conseguiram fazer a abordagem e revistar o suspeito. Com ele, nada de ilícito foi localizado, mas dentro do carro, a surpresa: o automóvel estava ‘recheado’ com 260 tabletes de maconha, sete porções do mesmo entorpecente e outros quatro tabletes de haxixe.

Segundo informações apuradas, as drogas estavam escondidas por todo o veículo, dentro do porta-malas, nos bancos, no encosto dos bancos, no assoalho e até mesmo dentro das portas. Por isso, as equipes tiveram que desmontar algumas peças para poderem fazer a retirada dos tabletes.

CONTRATAÇÃO

O operador de máquinas recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado até a delegacia, onde prestou depoimento. Ele contou que foi contratado em sua cidade natal, Ponta Porã, Mato Grosso do Sul, e levaria os entorpecentes até Campinas. Para realizar o transporte, o homem ganharia dez mil reais.

Apesar disso, ele não soube dizer aos investigadores que registraram o boletim de ocorrência a pessoa que o contratou e o destinatário em Campinas que iria receber a carga de maconha. O delegado plantonista decidiu manter o flagrante e deixou o indiciado à disposição da Justiça. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações.

Ultimas Noticias