VACINAÇÃO - Escola Alda Therezinha Queiroz é um dos pontos de vacinação contra a gripe em Lins

Lins abre quatro pontos extras para campanha de vacinação contra a gripe

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – LINS

 

A secretaria de saúde de Lins abriu quatro novos pontos de vacinação contra o vírus Influenza, causador da gripe, além daqueles já tradicionais nas Unidades Básicas de Saúde. O objetivo é diminuir a quantidade de pessoas nas UBS, evitando assim aglomerações por causa da vacinação contra a covid-19, que também segue no município.

Um dos pontos de vacinação contra a gripe abertos é a EMEI Alda Therezinha Queiroz, que fica no bairro Morumbi, próxima à UBS do mesmo bairro. Outro local de imunização é no Horto Florestal Municipal, que fica próxima ao bairro Rebouças.

Ainda foram abertos pontos de vacinação na EMEI Miécio Cavalheiro Bonilha, no Jardim Eldorado; e na Creche Nossa Senhora de Fátima, próxima ao bairro Junqueira.

Segundo a diretora da Vigilância Epidemiológica de Lins, Mariana Batelocchi, nestes locais abertos ficará exclusivamente a vacina contra a Influenza, enquanto as UBS dos bairros ficam com a campanha contra a covid-19 e a vacinação de rotina.

“As demais unidades estão com a vacinação da covid e da Influenza. Como houve o agendamento nas demais unidades não houve a necessidade de postos extra muro nos demais locais”, explicou a diretora em vídeo divulgado nas redes sociais da prefeitura.

Mariana ainda afirma que a procura pela vacina contra a Influenza tem sido baixa nos últimos anos e pede para que os pais levem as crianças para vacinação neste ano, além das gestantes.

“A vacinação contra a Influenza está com a demanda baixa. Pra você, pai ou responsável, leve o seu menor, a sua criança, é uma vacina importante, reduz a hospitalização e a mortalidade. Gestantes têm um certo medo de receber imunizantes. É uma vacina segura, não causa gripe, ela protege o bebê até o sexto mês de vida”, explicou Mariana. “A Influenza é uma doença grave e que coloca em risco a vida das pessoas. A vacinação da Influenza é tão importante quanto à vacinação da covid-19. Nesta época do ano a circulação da Influenza é maior”, completou.

Nesta primeira fase da campanha, que vai até o dia 10 de maio, estão sendo vacinadas as crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas e trabalhadores da saúde. A recomendação para este último grupo é que a vacina contra Influenza seja tomada pelo menos 14 dias após a vacina contra a covid-19.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Após prorrogar vencimento do IPTU, Lins pode suspender cobrança do ISS

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – LINS O prefeito de Lins, doutor João Pandolfi, anunciou ontem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *