PREJUÍZO - Teto de estacionamento cai sobre carros no Condomínio Belo Horizonte

Tempestade atinge a região de Araçatuba, causa destruição e deixa ferido

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

A tempestade que atingiu a região de Araçatuba no começo da tarde desta sexta-feira (01) causou enormes estragos em todas as partes do município. Foram registradas inúmeras quedas de árvores, muros, tetos, fiação elétrica, letreiros luminosos, outdoors, dentre outras coisas. Pelo menos uma pessoa ficou ferida e automóveis foram danificados. O comércio da cidade fechou mais cedo, por volta de 17h.
Desde o início da tarde, a reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL flagrou diversas intercorrências causadas pela chuva. Moradores de Araçatuba enviaram diversas imagens para a redação.
De acordo com o CIIAGRO, o Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas, a primeira parte da chuva, que trouxe os ventos que causaram diversos estragos na cidade, havia atingido cerca de 15 milímetros até às 17h. No final da tarde, o dia praticamente se transformou em noite com a chegada de mais chuvas, desta vez sem os ventos fortes e com intensidade. A chuva do final da tarde foi de mais 19 milímetros, segundo o Centro. No total, o órgão informou 34,6 mm de chuva até o começo da noite.
Foram registradas centenas de quedas de árvores por toda a cidade, com destaque para um caso de uma que caiu em cima de uma pessoa na avenida Joaquim Pompeu de Toledo, causando ferimentos. Um homem de 56 anos foi atingido, e teve diversas fraturas na face e tinha suspeita de traumatismo craniano. Ele foi atendido por equipe do SAMU e foi levado para a Santa Casa de Araçatuba onde foi internado em quadro clínico grave, porém, estável, de acordo com a assessoria do hospital.
Também houve queda de árvores em praticamente todas as praças, com destaque para uma de grande porte que caiu na Praça Olímpica por cima de duas motos de alunos que faziam aulas práticas de direção no local.
Outras quedas de árvores também foram registradas em toda a zona urbana. As ruas Dona Amélia, Borba Gato, Maurício de Nassau, avenida Arthur Ferreira da Costa, dentre outras, registraram quedas de árvores que interditaram parcial ou totalmente as vias públicas.
Uma queda de árvore derrubou um muro na escola estadual José Cândido, localizada no bairro Higienópolis. Galhos de árvore também caíram no hospital veterinário da UNESP.
Imagens enviadas por leitores mostraram outros estragos causados pela tempestade. Parte de um imóvel caiu na rua Aguapeí e danificou pelo menos três veículos que estavam estacionados na calçada, sendo que um deles, um Fox, foi completamente encoberto por tijolos e resquícios do imóvel. Os demais foram atingidos em cheio nas suas partes dianteira e traseira.
Perto dali, uma empresa que comercializa materiais de construção foi destelhada durante a forte ventania. Um vídeo gravado por uma pessoa que estava próxima mostra o momento em que a empresa é destelhada. Não foram contabilizados os prejuízos materiais causados.
A queda de uma cobertura de estacionamento também atingiu veículos no condomínio de prédios Belo Horizonte, que fica na área central de Araçatuba.
Também houve destelhamento em instituições de ensino. Uma escola particular do município localizada na avenida Saudades teve parte de um de seus prédios destelhado pela força dos ventos. Já uma faculdade localizada na rodovia Teotônio Vilela também teve parte do seu prédio destelhado e a ventania causou rachaduras em algumas paredes.
No aeroporto Dario Guarita, a forte ventania também derrubou divisórias dentro do saguão e fez estragos do lado de fora, na pista e nos hangares. Não houve registro de feridos no local até o fechamento desta edição.
Outro tipo de problema registrado foi a queda de outros tipos de estrutura. Um semáforo que fica na esquina das ruas Silva Jardim e avenida Baguaçu, caiu com toda a fiação. Além disso, outras estruturas do tipo ficaram desligadas por conta da falta de energia em pontos da cidade.

Birigui
Quedas de árvores e de muros também foram registradas em Birigui. Na Escola Estadual Regina Valarini, uma árvore derrubou parte de um muro de concreto. Uma outra caiu bem em frente à escola e a uma faculdade, que fica no bairro Silvares, interditando a via para os motoristas.
No final da tarde, o prefeito Leandro Maffeis gravou um vídeo afirmando que foram registradas quedas de mais de 70 árvores e mais de 20 muros em toda a cidade e que uma força-tarefa comandada por todas as secretarias seguirá trabalhando para consertar os estragos causados. No vídeo, o prefeito chega a pedir para que as pessoas não saíssem de casa.

 

DESTRUÍDOS – Veículos foram destruídos por queda de imóvel em demolição na rua Aguapeí

 

INTERDITADA – Via da Praça Olímpica no sentido centro ficou interditada; árvore caiu sobre duas motos

 

DESTELHADO – Parte do prédio de uma faculdade foi destelhado

Veja também

Moradores cobram recapeamento de rua

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Moradores da Rua Antonio Storti, no Jardim Morumbi, em Araçatuba, procuraram …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *