17.7 C
Araçatuba
quarta-feira, junho 29, 2022

Pronto Socorro e UBS 1 são referência para casos de síndrome gripal

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Secretaria de Saúde de Birigui informou que o Pronto Socorro Municipal e a UBS 1 (Unidade Básica de Saúde) do bairro Vila Bandeirantes passaram a ser referências para os atendimentos de síndromes gripais desde essa sexta-feira (7).
Gestores da pasta e do pronto socorro estiveram reunidos na quinta-feira (6) para definir o plano de ação para o enfrentamento de casos respiratórios, associados à covid-19 e ao novo surto de gripe, que aumentaram nos últimos dias no município. O plano segue os informes técnicos do Ministério da Saúde.
O quadro de funcionários do Pronto Socorro foi aumentado e os espaços físicos reorganizados para a prestação de um atendimento adequado à população, com acolhimento, testagem para os casos sintomáticos e consulta médica. Os atendimentos são 24 horas por dia.
Já na UBS 1 os atendimentos serão de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h, mas é necessário ligar no 0800-570 7770 para fazer o agendamento. A equipe de atendentes está sendo reforçada para prestar as orientações necessárias aos munícipes e agendar as consultas.
“As pessoas que estiverem com sintomas gripais, como febre, tosse, coriza, dor no corpo e dor de garganta podem ligar no 0800 ou procurar o Pronto Socorro. Já em casos de falta de ar, o paciente deve procurar imediatamente o pronto-socorro”, explicou a secretária de Saúde, Cássia Rita Santana Celestino.

CUIDADOS
Os atendimentos de pessoas com síndromes respiratórias aumentaram após as festas de Natal e Ano Novo no pronto-socorro. Entre os dias 17 e 24 de dezembro foram feitos 501 atendimentos na unidade. Já entre os dias 25 e 31 de dezembro foram 963 atendimentos. Entre os dias 1º e 3 de janeiro foram 535 atendimentos.
A secretária de saúde reforça que a prevenção continua sendo fundamental, sendo que os cuidados devem ser os mesmos adotados durante toda a pandemia, como usar máscara, higienizar as mãos frequentemente, usar álcool em gel, manter distanciamento e evitar aglomeração.
“É importante também que as pessoas se vacinem contra a covid-19 para evitar casos graves da doença. Hoje temos 6.473 pessoas que não tomaram a segunda dose e 23.031 que não foram receber a dose adicional. Faço um apelo para que as pessoas completem o esquema vacinal e tomem a terceira dose. Está mais que comprovado que vacinas salvam vidas”, completou Cássia.

 

Ultimas Noticias