AMPLIAÇÃO -Município muda atendimento para ampliar espaço para pacientes com covid-19 DIVULGAÇÃO

Prefeitura abre Pronto Atendimento Básico no Centro Médico nesta quinta-feira

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – BIRIGUI

A Prefeitura de Birigui, por meio da Secretaria de Saúde, abre nesta quinta-feira (1º), a partir das 6h, o Pronto Atendimento Básico, localizado no prédio do antigo pronto-socorro, no Centro Médico. No local serão prestados, temporariamente, apenas atendimentos clínicos, ou seja, casos não graves.

O Pronto Atendimento Básico funcionará 24 horas por dia, nos sete dias da semana, até que haja melhora nos casos de internações pela covid-19 no município. O espaço possui 15 leitos, distribuídos nas alas masculina, feminina e pediatria, além de um local com poltronas para medicações rápidas.

Os munícipes devem procurar o pronto atendimento somente se precisarem de atendimentos nos casos de pressão alta, febre, suspeita de dengue, queda da própria altura, cortes pequenos, diarreia, náuseas, diabetes ou qualquer outro problema de saúde que não seja grave.

A equipe do Pronto Atendimento Básico será composta por médicos clínicos, 25 enfermeiros e técnicos de enfermagem, cinco auxiliares de limpeza, cinco porteiros e nove recepcionistas. A carreta da Saúde com o tomógrafo também está disponível no local para realização de exames, caso necessário.

Para iniciar os atendimentos no espaço, a administração municipal realizou algumas adequações estruturais e manutenção no prédio. Foi feita também a aquisição de materiais hospitalares e medicamentos e a contratação temporária de profissionais por meio de processo seletivo.

 

PRONTO SOCORRO MUNICIPAL

Com a abertura do pronto atendimento, o Pronto Socorro Municipal, no bairro Silvares, passará a atender exclusivamente pacientes com síndrome respiratória grave (covid-19) e casos de emergência, como politraumatismo encaminhados pelo Corpo de Bombeiros, casos de infarto, AVC, e outros.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Especialista alerta para a queda no volume de chuva e a necessidade de planejamento

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O professor doutor Fernando Braz Tangerino Hernandez, professor titular …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *