PONTO DE ENCONTRO

Compartilhe esta notícia!

Sinto Falta

Sinto falta daquele tempo
Do ser humano mais tenro
Dos beijos no sereno
De tudo o que não era efêmero

Sinto falta dos sabores
Do cheiro de terra e das flores
Da vida cheia de cores
De tudo em todos os setores

Sinto falta da postura
Do ser humano de lisura
Do tempo dos nobres valores
Das vestes das Damas e Senhores

Sinto falta até mesmo
Da falta que você me faz
Do brilho que falta aos olhos
Do vazio que a falta cavou
Em minh’alma e o tempo apagou

Sinto falta da falta de algo
Puderas a falta não me faltasse
A falta do que é desconhecido
Tem faltado à minha alma

Mas a falta que sinto mesmo
É aquela de não sentir falta de nada.
Onde a falta não me fazia morada
E a vida era uma suave jornada encantada.

Fábio Ricardo Ambrósio
é advogado, empresário e poeta. Tem mestrado em Direito Internacional Bancário e Financeiro


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Policiais municipais e militares doam sangue no Hemocentro de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – BIRIGUII Integrantes da Polícia Municipal e da 4ª Cia da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *