O prefeito não é culpado sozinho

Compartilhe esta notícia!

Rodrigo Andolfato

Bom dia leitores deste jornal que vem sendo a voz do povo de Araçatuba, e de toda Região Alta Noroeste Paulista, no que tange a demonstrar a verdade e os fatos que acontecem por estes rincões do nosso estado. Antes de adentrar no assunto deste artigo especificamente, resolvi colocar neste primeiro parágrafo um tributo àqueles que lutam pelo bem de nossa cidade em contraponto aos que, juntamente com o prefeito municipal, praticam o mal e só querem se locupletar do dinheiro público roubado através dos impostos de toda população. Além do jornal O LIBERAL REGIONAL, presto homenagem ao ilan – Instituto Liberal da Alta Noroeste, que vem sendo um ponto de disseminação do conhecimento e das ideias que podem mudar nosso mundo efetivamente. Coincidência ambos levarem no nome o adjetivo relativo à doutrina do liberalismo? Claro que não! Todos aqueles que creem em Deus, e no Seu presente maior aos homens, “O LIVRE ARBÍTRIO”, procuram O BEM de forma abnegada lutando pela LIBERDADE de todo seu povo. Mas vamos aos fatos que esse artigo ora se propõe a desvelar. Quem forma a base de sustentação que permite o nosso prefeito gastar o dinheiro público com a compra de carros ao invés de estruturar a saúde local através de leitos de UTI COVID que poderiam salvar vidas ao invés de deixar pessoas morrerem nas filas agonizando no seco?
Primeiramente quero explicitar uma coisa. Colocarei neste texto as categorias que dão base aos atos de barbárie da atual gestão em ordem crescente de culpa. Segue a lista:
CARGOS COMISSIONADOS: Esses muitas vezes são os que menos têm culpa. Apesar de muitos deles serem puxas-sacos vendidos, existem alguns que acreditam que possam fazer a diferença e que estão lá por serem bom demais, mas não conseguem passar numa prova para isso. Esses últimos, só se tornam maus a partir do momento que tentam relativizar o bem e o mal para se manterem recebendo gordos salários todo mês.
CONCURSADOS COM FUNÇÃO GRATIFICADA: Existem, neste caso, funcionários que recebem uma gratificação de forma justa e efetiva, e tentam de fato exercer de forma imparcial suas funções. Mas a verdade nua e crua é que a maioria são funcionários que se venderam ao sistema. Esses são aqueles que muitas vezes traem até seus colegas concursados exercendo atos de perseguição contra os mesmos. Esquecem-se, porém que aos traidores cabe o mesmo destino de Judas que traiu Jesus.
EMPRESARIADO DE CONLUIO: Já expliquei em várias publicações que nem tudo o que as pessoas acham que é fruto do capitalismo o é de fato. O verdadeiro capitalismo é o que é exercido por todos aqueles que produzem o melhor possível, ao menor custo possível, travando todos os dias uma competição pelo cliente. Mas existem uns empresários que são protegidos pelo governo. Recebem benesses, isenções e até uma cegueira conveniente dos gestores públicos, para que tenham o maior lucro sem concorrência de fato. Normalmente esses são os financiadores de campanha. São corporativistas e de forma sindicalizada criam uma rede de proteção ao prefeito. Tentam se passar por empresários acima do bem e do mal, mas não se passam de parte podre e fétida do sistema. Esses têm meu repúdio maior, pois enganam a todos sobre como o capitalismo verdadeiro é enriquecedor de todos. Fazem com que as pessoas confundam quem produz de fato, e quem de algum modo rouba os cofres públicos. Financiam campanhas e depois ganham estradas bem cuidadas até suas propriedades.
MAUS VEREADORES: Obviamente que não estou falando de todos, pois às vezes surge gente boa no meio político. Gente verdadeiramente combativa, tal qual o vereador Luis Boatto, que vem lutando fortemente contra as lambanças do executivo. Espero em breve poder colocar mais nomes neste texto e espero que o ilan honre o jovem vereador com o Título “Honoris Causa” da Liberdade. Mas para cada surpresa boa, em política temos sempre muitas ruins. Exemplo de muitos novos vereadores que começam a manchar suas histórias com conchavos políticos, decepcionando seus eleitores. Esses vereadores não devem esquecer que o povo está, mesmo que aos poucos, aprendendo a votar. Prova disso é justamente esses novos vereadores estarem lá. Com certeza na próxima eleição eles serão julgados com maior rigor.
ELEITORES: Infelizmente, tenho que colocar no topo da lista as pessoas que permitem que os maus governem. Sem eles, os corruptos não se elegeriam e os puxa-saco não teriam quem bajular. Existem eleitores de vários tipos. Aqueles que vendem a alma e o voto por terem se beneficiado por cortar fila na saúde graças a um vereador, até aqueles que vendem seu voto por 50 reais. E é aqui que precisamos focar nossos esforços. Se conseguirmos mudar os eleitores, todos acima desaparecerão. E com certeza teremos bons gestores do dinheiro logrado do povo através dos impostos, sem privilégios e sem roubo!

Rodrigo Andolfato é empresário da Construção Civil, membro do ilan – Instituto Liberal da Alta Noroeste


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Contrato polêmico com aditivo gera controvérsia e induz vereadores ao erro

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O suspeito e polêmico contrato firmado entre a administração …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *