14.3 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 26, 2022

Diretoria da Santa Casa e  DRS definem prioridades para melhoria do atendimento

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Investimentos em novos equipamentos e mobiliários, celebração de convênio no Programa Mais Santas Casas e ações voltadas à melhoria da humanização do tratamento aos pacientes dos 40 municípios da área de abrangência do Departamento Regional de Saúde de Araçatuba. 

Esses foram alguns dos temas da primeira reunião entre a nova diretoria da Santa Casa de Araçatuba e o diretor técnico do DRS, Rachides de Castro Junior.

A reunião foi realizada segunda-feira (14) e fez parte da agenda de contatos que a diretoria da instituição está realizando para estreitar o relacionamento com lideranças das cidades para os quais o hospital é referência de atendimentos de média e alta complexidades e dirigentes de órgãos estaduais e municipais que atuam na gestão da saúde pública.

“Estamos organizando para que em futuro próximo possamos trabalhar à quatro mãos: municípios, DRS, técnicos da Santa Casa e diretoria da instituição. Vamos estar juntos para realizar  ações definidas sob o equilíbrio entre nosso plano de ação, plano de trabalho do DRS e as demandas dos municípios para atendimento de suas populações”, explicou o provedor Petrônio Pereira Lima.

Ele destacou também que na reunião em que participaram todos os diretores do hospital, “o diretor técnico do DRS demonstrou a intenção de que o Departamento não seja apenas um órgão fiscalizador dos serviços prestados pela Santa Casa de Araçatuba, mas também um parceiro no acompanhamento e desenvolvimento desses serviços, oferecendo à nossa diretoria a assessoria necessária”. 

Uma das primeiras medidas definidas sob esse assessoramento é o acompanhamento técnico para reformulação das políticas de humanização dos atendimentos prestados aos pacientes e acompanhantes. 

“O Departamento Regional de Saúde possui o assessoramento que estamos precisando para reformular e implementar rapidamente a humanização dos serviços que prestamos à população. Esse é um anseio da comunidade”, anunciou Petrônio Lima.

O atendimento prestado pela Farmácia de Alto Custo aos municípios abrangidos pelo Departamento Regional de Saúde de Araçatuba foi outro assunto que a reunião encaminhou para ser ajustado. 

Com queixas sobre a demora no envio aos municípios, o diretor do Departamento Regional de Saúde pediu providências à nova diretoria da Santa Casa de Araçatuba, gestora da unidade.

“O DRS detectou que não há falta de remédios, porém está ocorrendo um delay entre a chegada dos medicamentos na Farmácia de Alto Custo, o envio aos municípios,  e a entrega aos pacientes.  Vamos ajustar essa logística pois se trata de uma atividade importantíssima que atende mais de 25 mil pessoas na região”, afirmou Petrônio Lima.

Além dessas providências, o diretor do DRS destacou como avanço positivo, “a reafirmação da retomada imediata dos procedimentos eletivos que estiveram paralisados devido a pandemia da COVID-19”.

Rachides de Castro Júnior afirmou também  que nesta primeira reunião realizada para apresentação oficial da direção do DRS de Araçatuba e os diretores que estão à frente da gestão da Santa Casa,  “ tive a oportunidade de  expor minhas percepções positivas, pontos de melhoria do Hospital e  para reafirmar que a instituição poderá continuar contando com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo, seja através de investimentos, custeios ou mesmo trabalho conjunto desenvolvido junto aos nossos técnicos. Senti que houve sintonia, respeito e atenção por parte de todos”.

 A diretoria da Santa Casa de Araçatuba também considerou a reunião como um importante avanço. “O diretor do DRS é araçatubense, uma pessoa muito positiva e técnica, conhecedor experiente do setor e sobre as rotinas da Secretaria Estadual de Saúde. O Rachides reconheceu a importância do hospital para a região e disse que a Santa Casa é uma prioridade do DRS”, afirmou  o provedor.

 

 

Ultimas Noticias