15.4 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Em meio a possível “rebaixamento” para endemia, municípios veem com bons olhos queda da covid

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O governo federal estuda, há alguns dias, rebaixar de pandemia para endemia a situação da covid-19 no Brasil, devido à baixa no número de casos graves, internações e mortes por causa da doença. Diversas reuniões sobre o assunto estão ocorrendo ao longo desta semana para discutir a possibilidade. 

Embora alguns especialistas ainda fiquem receosos pelo fato de que, caso aprovada, a covid-19 tenha uma situação única no Brasil em relação ao restante do planeta, alguns dos principais municípios da região veem de forma positiva a possibilidade da reclassificação.

Em Araçatuba, por exemplo, a secretaria de saúde avaliou, em nota encaminhada à reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, que caso a mudança de pandemia para endemia aconteça, será positiva, porque será um sinal de que o país está vencendo a pandemia.

De acordo com a pasta, a vacinação é a grande responsável pela diminuição de casos graves, internações e mortes. 

Apesar disso, a pasta crê ser importante seguir mantendo cuidados e ter toda a população com o esquema completo de vacinação. Segundo a nota, assim que houver pronunciamento oficial do Ministério da Saúde sobre a reclassificação ou não do estágio da covid-19 no Brasil, deverá haver uma reunião da equipe técnica do Centro de Operações de Emergência para se adequar as normativas. 

De acordo com boletim epidemiológico desta quarta-feira (16), Araçatuba teve 35 casos novos de coronavírus e mantém apenas três pacientes internados por causa da doença nos hospitais da cidade.

Andradina

Nesta semana, a secretaria de saúde de Andradina suspendeu o atendimento no CAC, o Centro de Atendimento Covid, que ficava anexo à Santa Casa do município, devido a diminuição na procura no local.

A pasta detectou baixo índice de transmissibilidade e ainda uma baixa considerável na letalidade do vírus. O secretário João Leme afirmou que a covid-19 passou a ser tratada em Andradina como outras síndromes gripais, com atendimento igualitário nas UBSs, o que já caracteriza um tratamento endêmico.

Na Santa Casa, caiu de seis para cinco, nesta quarta (16), o número de pacientes internados por causa da covid-19.

Mudança

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniu com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para discutir a reclassificação da pandemia de covid-19 para endemia. O presidente Jair Bolsonaro fez pedido especial para o ministro rever a situação.

Outra reunião sobre o assunto já foi feita com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Na próxima sexta-feira (18) está marcada reunião com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Luiz Fux.

Caso ocorra a alteração, a covid-19 passará a não ser mais tratada como uma emergência de saúde e medidas de combate à doença, como o uso de máscaras obrigatório ou a obrigatoriedade do álcool em gel em estabelecimentos comerciais, perderá a validade. 

 

Ultimas Noticias