Assassino de adolescente pega pena máxima

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO

A Justiça de Araçatuba realizou nessa quarta-feira (21) o júri de Daniel Gaspar Barbosa pelo assassinato da adolescente Júlia Maria de Lima Barbassa Mendes, em janeiro de 2019, no bairro Água Branca, zona leste da cidade. O crime ganhou ampla repercussão na região e até nacionalmente. Depois de ficar alguns dias foragido, Barbosa foi capturado por policiais militares. O júri terminou no início da noite. Daniel Gaspar pegou pena máxima – 30 anos de reclusão em regime fechado, sem direito de recorrer em liberdade. O promotor Adelmo Pinho disse que, como foi condenado à pena máxima, não vai recorrer.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público consta que no dia 19 de janeiro de 2019, por volta de 8h20, na rua Cláudio Dionísio Sanches de Souza, o réu, com emprego de meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, matou a adolescente com uma facada. 

O denunciado morava em frente da casa da vítima. No dia do crime, ele sentou-se em frente do imóvel e viu o momento que o pai da menor e o enteado dele saíram da residência. Em seguida, a mãe da jovem iniciou os trabalhos em um salão de beleza que ficava em frente do imóvel. Aproveitando dessa situação, ele se apoderou de uma faca e invadiu o local pela porta dos fundos e a encontrou dormindo. Ele desferiu várias facadas e ela morreu no local.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Ruas de bairros da zona oeste de Lins recebem serviço de tapa buraco

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – LINS Três ruas de três bairros próximos foram contempladas com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *