INTERNAÇÕES - Santa Casa de Araçatuba tinha 5 internados por covid-19 até ontem

Araçatuba tem 10 internados por covid; vacinação controla internações e óbitos, segundo médico

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

Tanto a Santa Casa de Araçatuba quanto o Hospital Unimed voltaram a informar o número de atendimentos e de internações por covid-19 nesta sexta-feira (7). As unidades hospitalares das redes pública e particular, por enquanto, divulgarão os números semanalmente.

De acordo com a assessoria de imprensa da Santa Casa, durante a primeira semana do ano, oito pessoas passaram pelo setor de isolamento e três passaram pela UTI. Nesta sexta, a ocupação era de cinco leitos, sendo dois casos positivos na enfermaria, e três em UTI, sendo um caso suspeito e dois confirmados.

A assessoria também informou um caso suspeito de criança internada na UTI Neonatal e Pediátrica do hospital.

O Hospital Unimed também divulgou um boletim com um balanço semanal, que apontou o número de 1.258 atendimentos por causa de síndromes gripais no pronto-atendimento da unidade. Destes, 308 pessoas testaram positivo para a covid-19 após o atendimento.

Nesta sexta-feira (5), cinco pessoas estavam internadas no hospital por causa da doença, sendo três delas em leitos de enfermaria e dois em UTI.

De acordo com dados do boletim diário da vigilância epidemiológica, Araçatuba ultrapassou ontem os 30 mil casos de infecções por covid-19. Foram 154 novos casos apenas em 24h, elevando o número de infectados totais para 30.078 pessoas desde o início da pandemia.

Araçatuba não registra nenhuma morte por covid-19 desde o último dia 14 de dezembro. De acordo com especialistas, a vacinação tem sido o motivo para que casos mais graves e mortes sejam evitados.

“A vacinação foi desenvolvida exatamente para que as pessoas não desenvolvam um quadro mais grave, para que não precisem de internação e não precisem ser intubadas. A vacina com certeza nos ajudou muito, porque senão estaríamos em um quadro muito pior agora do que no anterior, porque com essa alta taxa de transmissão da nova variante, não teria nenhum sistema de saúde que iria aguentar”, afirmou o médico Flávio Garbeline, diretor administrativo do Hospital Unimed.

 

Veja também

Andradina inicia vacinação de crianças

DA REDAÇÃO – Andradina A primeira criança a ser vacinada em Andradina foi a pequena …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *