MOTIVAÇÃO - Índice de isolamento baixo é a justificativa para medidas adotadas por Araçatuba

Araçatuba aumenta restrições e antecipa feriado para a próxima quinta-feira

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O município de Araçatuba terá ainda mais restrições em relação à fase emergencial do governo de São Paulo durante a Semana Santa. Em decreto publicado nesta sexta-feira, o poder executivo criou mais restrições para serviços como bares, restaurantes e supermercados. Além disso, um feriado municipal foi antecipado para a próxima quinta-feira, criando um período prolongado de 4 dias não úteis.

No começo da tarde desta sexta-feira (26), a prefeitura fez uma transmissão ao vivo através de suas páginas oficiais, onde a secretária de saúde, Carmen Guariente, e o chefe de gabinete Deocleciano Borella, anunciaram as novas medidas justificando com números alarmantes da pandemia e das internações na cidade. Logo em seguida à transmissão, o decreto foi publicado.

Uma das principais medidas tomadas pelo município foi a proibição do atendimento presencial chamado de “pegue e leve” em restaurantes e lanchonetes. Até estão, estes estabelecimentos estavam autorizados a manter portas abertas, porém sem permissão de consumo local. Agora, com as novas medidas, os donos destes estabelecimentos deverão mantê-los fechados durante todo o tempo, podendo atender apenar nos modos drive-thru e delivery.

Foi proibida também a venda de bebidas alcoólicas após às 18h aos sábados, domingos e feriados em depósitos de bebidas, bares e lojas de conveniência, sendo que estes estabelecimentos deverão permanecer com suas portas fechadas após este horário, só podendo vender no modo delivery.

Para os supermercados, padarias e açougues só deverão permitir o cliente a cada 40 metros quadrados nos estabelecimentos, restringindo ainda mais o número de pessoas circulando ao mesmo tempo dentro do estabelecimento. Além disso, segue a restrição de funcionamento no formato presencial apenas até às 20h, só podendo funcionar após isso no modo delivery.

As novas medidas também proíbem os eventos esportivos, como jogos de futebol, de vôlei, e competições esportivas no geral, dentro do município. Atividades recreativas em áreas de lazer também ficam vedadas.

As reuniões e aglomerações em praças, parques, na prainha do município, dentre outros espaços públicos, segue proibida. Áreas de lazer e locais de festas estão proibidos de funcionar, mesmo em condomínios fechados.

Foi também recomendado à população que a circulação pelas vias da cidade se dê apenas para a realização de serviços essenciais, principalmente no período do toque de recolher, entre 20h e 5h, imposto pelo estado.

Todas as medidas ficam válidas entre os dias 29 de março e 4 de abril.

Multas

As multas para estabelecimentos comerciais que descumprirem as medidas serão maiores durante a próxima semana. Até então, a multa que estava em R$ 700,00 na autuação, subiu para R$ 2.909,00, que equivale a 100 vezes o valor nominal da Unidade Fiscal do Estado de São Paulo.

Além desta punição, a reincidência poderá provocar apreensão e suspensão de vendas de produtos, interdição parcial ou total do funcionamento da empresa, além de cancelamento do alvará de funcionamento do respectivo local.

Feriadão prolongado

A exemplo do que ocorreu na Capital Paulista, Araçatuba também aderiu à antecipação de um feriado para tentar diminuir a circulação de pessoas no município por mais um dia.

Enquanto em São Paulo (SP) o feriado prolongado começou ontem e vai até o dia 4 de abril, em Araçatuba, a mudança foi menor. A prefeitura decidiu apenas pela antecipação do feriado de Corpus Christi, que originalmente seria no dia 3 de junho, para o dia 1º de abril, próxima quinta-feira.

A ideia é criar um feriadão prolongado entre os dias 1º e 4 de abril, com Corpus Christi (quinta), Sexta-feira Santa (sexta), sábado de Aleluia e domingo de Páscoa.

A prefeitura ainda recomendou que as mesmas restrições sejam adotadas por municípios vizinhos, já que há muitos pacientes de outras cidades internados em hospitais de Araçatuba.

Isolamento

A intenção do poder público é diminuir o número de pessoas circulando nas ruas durante a próxima semana.

De acordo com números divulgados ontem pelo governo do estado de São Paulo, o índice de isolamento de Araçatuba foi o pior da área do DRS 2, o Departamento Regional de Saúde. Na última quinta-feira (25), o índice ficou em apenas 38%.

Pra se ter uma ideia, no último dia 5 de março, último dia em que vigorou a fase laranja no município, com permissão de funcionamento do comércio não essencial, bares e restaurantes, o índice de isolamento em Araçatuba foi de 34%, apenas 4 pontos percentuais a menos.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Nossa Casa-CDHU avança com novo formato

Compartilhe esta notícia!FLÁVIO AMARY Em outubro de 2019, o Governo de São Paulo lançou o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *