6.4 C
Araçatuba
quinta-feira, maio 19, 2022

Após campanha do TSE, Araçatuba pode passar de mil eleitores jovens

DA REDAÇÃO

A Justiça Eleitoral (JE) superou todas as marcas históricas de atendimentos nas últimas horas da data final do fechamento do cadastro eleitoral de 2022. Ao todo, foram 8.553.519 milhões de pedidos atendidos nos últimos 31 dias, sendo 4.550.465 de forma presencial nos cartórios pelo sistema Elo e 4.003.054 milhões de solicitações feitas de forma virtual pelo Título Net. Em Araçatuba não foi diferente. Nos últimos dias foram mais de 700 pedidos. O que chamou a atenção foi a efetiva presença de jovens de 16 e 17 anos. A expectativa é de que Araçatuba supere mil jovens eleitores. Os números finais serão divulgados pela Justiça Eleitoral no dia 11 de julho.

Segundo Fabiana Camargo, chefe do Cartório Eleitoral da 299ª Zona Eleitoral (parte de Araçatuba e Santo Antônio do Aracanguá), a procura dos jovens foi surpreendente. De acordo com os dados atuais disponíveis, não considerando os últimos dias de atendimento presencial e as inscrições feitas pelo Título Net, Araçatuba tem 835 jovens eleitores, sendo 78 de 16 anos e 335 de 17 anos na 11ª Zona Eleitoral e 144 de 16 anos e 278 de 17 anos na 299ª Zona Eleitoral. Fabiana Camargo revela otimismo e acredita que esse número pode ser elevado em mais até 40%.

De acordo com o calendário eleitoral, o TSE divulgará no dia 11 de julho, na internet, o quantitativo final de eleitoras e eleitores aptos a votar, por município, em 2022, bem como o detalhamento e o perfil do eleitorado brasileiro. 

 

PALESTRA EM ESCOLA

O ex-chefe do Cartório Eleitoral, Carlos Cotrim, que atuou durante décadas no serviço público, devido à sua experiência, continua sendo procurado para falar sobre o processo eleitoral. Atendendo  convite do professor Arnon Gomes e com anuência do juiz eleitoral doutor Roberto Soares Leite e de Fabiana Camargo, Carlos Cotrim esteve na Escola Degrau, em Araçatuba, para falar sobre as eleições a alunos do primeiro ano do ensino médio. Além de falar de um modo geral sobre todo o processo, Cotrim também respondeu várias perguntas dos alunos. As questões mais indagadas foram sobre a importância dos jovens em participar do pleito por meio do voto. “Houve grande interesse dos alunos”, disse Cotrim.

Para melhor entendimento dos alunos, houve demonstração da urna eletrônica preparada para votação  fictícia. Os alunos acompanharam de perto.

 

 

Ultimas Noticias