6.4 C
Araçatuba
quarta-feira, maio 18, 2022

Santa Casa realiza Semana da Enfermagem a partir desta quinta-feira

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Dia Internacional da Enfermagem

Santa Casa realiza Semana da Enfermagem a partir desta quinta-feira

 

A Santa Casa de Araçatuba realiza nesta quinta e sexta-feiras (12 e 13/5) a programação da Semana da Enfermagem.  Elaborada pelo Núcleo Segurança do Paciente e o Departamento de Educação Continuada e Permanente, o evento tem como objetivo valorizar os 972 profissionais que atuam nos vários serviços do hospital nas funções de enfermeiros, auxiliares de enfermagem e técnicos de enfermagem. Os profissionais do corpo de enfermagem representam 61% do total de colaboradores da instituição.

Os eventos serão realizados representam a retomada do setor às comemorações coletivas, que passaram dois anos suspensas em decorrência das restrições adotadas para o enfrentamento da pandemia do coronavírus.

“Retomamos com boas expectativas em relação a uma nova fase e tentando superar perdas familiares, de amigos, colegas de trabalho e da luta vivenciada desde o inicio da pandemia até os dias de hoje”, define a enfermeira Alessandra Flores, do Departamento de Educação Continuada.

Dentre os eventos previstos constam homenagem a profissionais de enfermagem que faleceram vitimados pela covid e por outras causas diversas nos últimos dois anos.

As dificuldades enfrentadas pelas equipes de enfermagem que atuaram nas linhas de frente de atendimentos a pacientes relacionados à contaminação pelo coronavírus serão temas de depoimentos de médicos de vários setores do hospital que atuaram no tratamento dos infectados.

“Naqueles momentos difíceis, nós vimos exemplos de coragem, resistência, perseverança dos profissionais de enfermagem, que a exemplo dos demais, foram à luta, colocando inclusive suas vidas e de seus familiares em risco, posto que no primeiro ano não havia vacina contra a covid. Naquele momento tínhamos apenas a cara, a coragem e a proteção Superior”, afirma o médico intensivista Luiz Cláudio Lima, responsável técnico pela UTI Respiratória, ao destacar que apesar desse cenário, “ ninguém desistiu e a enfermagem foi a linha de frente deste exercito”.

Para o diretor clinico da Santa Casa de Araçatuba, Célio Mori, o corpo de enfermagem do hospital foi importantíssimo no enfrentamento. “Nós acompanhamos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem deixando seus familiares em casa para se dedicar exaustivamente aos pacientes. Graças a isso tivemos bons resultados. A Santa Casa pode se orgulhar de sua equipe de enfermagem”.

Programação

Os eventos da Semana da Enfermagem serão realizados a partir das 8h no Anfiteatro da Santa Casa de Araçatuba. A abertura será nesta quinta-feira com solenidade com participação do corpo diretivo do hospital.

Na programação constam depoimentos de colaboradores sobre a experiência durante o enfrentamento ao coronavírus; e apresentação de vídeos com homenagem às equipes de Enfermagem pelos médicos Aliandra Gobi (pediatra plantonista do Pronto Socorro e da UTI Neonatal e Pediátrica); Francisco Bertoz (plantonista da UTI Geral Adultos e do Pronto Socorro), Luiz Cláudio Lima (responsável técnico pelas UTIs Respiratória e Geral Adultos e Hospital do Rim).

Também será exibido vídeo com homenagens póstumas aos colaboradores de equipes de enfermagem que atuavam na instituição e faleceram nos últimos dois anos em decorrência de covid e causas gerais; e apresentação pelos músicos Luciano Aparecido de Alcântara que atua como enfermeiro na Santa Casa e João Batista.

 

Os participantes dos eventos terão duas palestras que serão proferidas pelos psicólogos Rui Mateus Joaquim e Cristiano da Silva, que respectivamente falarão sobre os temas “Neurobiologia do Estresse: Orientação de proteção contra o adoecimento psicológico” e “Saúde emocional na Enfermagem”.

Nos dois dias, os eventos serão encerrados com apresentação de esquete teatral pelo auxiliar de enfermagem André Aparecido Pereira, sorteio de brindes e café da manhã.

 

Dia do Enfermeiro e Dia Internacional da Enfermagem

 

O 12 de maio foi definido como Dia Internacional da Enfermagem em homenagem à inglesa Florence Nightingale, considerada a mãe da enfermagem moderna. No Brasil, a data foi instituída em 1938.

Entre os dias 12 e 20 de maio, comemora-se a Semana da Enfermagem no país, em homenagem à Nightingale e Ana Néri, enfermeira brasileira e a primeira a se alistar voluntariamente em combates militares, dentre os quais, na Guerra do Paraguai.

 

Para a enfermeira Ana Paula Mazzini, que há 24 anos atua na Santa Casa de Araçatuba e é responsável técnica pelas equipes de enfermagem do hospital, o exercício da profissão é um conjunto que reúne elementos indispensáveis à vida: doação, dedicação e comprometimento.

“Passamos por situações delicadas, como em qualquer profissão, mas a missão de cuidar e fazer parte deste cuidado, seja ajudando a minimizar a dor do paciente, seja contribuindo para a sua cura é recompensadora, pois estamos cuidando do bem mais valioso que as pessoas têm: a vida”, define Mazzini.

Ela descreve os integrantes da enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) como profissionais que aliam técnica e sentimentos na dosagem necessária para ser o olhar e os braços dos médicos responsáveis pelos tratamentos prescritos e alguém que se tornará inesquecível para os pacientes.

“O profissional de enfermagem é quem fica 24 horas cuidando do paciente. Esse cuidado de administrar o medicamento, realizar um curativo na hora certa e usando as técnicas certas é que determina a cura ou a diminuição do sofrimento do paciente”, afirma Mazzini ao detalhar aspectos técnicos do exercício diário da profissão.

O aspecto sentimental é, de acordo com sua análise, decorrência desses cuidados. “Cuidamos do paciente e passamos a fazer parte da vida dele. Na maioria das vezes a gente não o conhece e provavelmente não o veremos mais. Porém se um dia ele passar por nós, não o reconheceremos, mas ele haverá de lembrar porque levou um pouco de nós”.

 

Ultimas Noticias