Secretário fala sobre planos para tratamento de resíduos sólidos

O secretário de Meio Ambiente de Andradina, Cláudio Gotardo Filho, está representando o município na discussão sobre a destinação de resíduo sólido. Neste semana foi realizado em Andradina um fórum para tratar da questão. Em entrevista ao Sistema Regional de Comunicação, o secretário falos dos próximos passos e da necessidade de participação do estado no encaminhamento da solução. Gotardo criticou a ação da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, que após longos de silêncio, decidiu agir e passou a multar os municípios. Para ele, este não é um problema que se resolve repentinamente. Exige estudos.

Segundo Gotardo, vários prefeitos assumiram e descobriram que estão com sérios problemas com a destinação do lixo e não têm recursos para resolver o problema isoladamente. Por isso, o encaminhamento da solução está sendo feito por meio do Consórcio Intermumuncipal do Extremo Noroeste de São Paulo, composto por 17 municípios. O secretário explicou que muitas vezes o volume de lixo de apenas uma cidade não é viável para determinado sistema. Assim, o consórcio é o melhor caminho. Embora o aterro de Andradina seja bem avaliado, a mudança na legislação vai exigir algumas alterações. “Esperamos encontrar a solução por meio do consórcio, mas se isso demorar muito, Andradina terá que atuar isolamente para resolver o propblema”, disse o secretário.

No fórum realizado em Andradina foram apresentados quatro sistemas diferentes e que podem ser usados no região. Agora, prefeitos e técnicos de cada município defem definir qual o mais viável. Para o secretário Cláudio Gotardo, o mais adequado é o gaseificação, desde que observadas todas as normas ambientais.

O secretário deixou claro que, independente do sistema a ser adotado, vai precisa do apoio do governo estadual. Segundo Gotardo, ainda este mês os técnicos devem se reunir para uma definição quanto ao sistema a ser adotado na região.

Da Redação

Veja também

Andradina faz plano de demissão voluntária para servidores públicos

DA REDAÇÃO – ANDRADINA A prefeitura de Andradina regulamentou o Programa de Demissão Voluntária (PDV) …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *