Onça-pintada foi atropelada por caminhão em Andradina

Onça pintada morre atropelada em Andradina

ANTONIO CRISPIM – ANDRADINA

Uma onça-pintada (Panthera onca) foi atropelada e morta na noite de quinta-feira na altura do quilômetro 188 da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP 563), em  Andradina. O acidente foi próximo ao trevo de acesso à Citroplast e também na região do Ribeirão Moinho. A onça encaminhada à Faculdade de Medicina Veterinária da Unesp de Araçatuba para estudos e análises.

Polícia Ambiental informou que recebeu chamado do Corpo de Bombeiros às 22h35 comunicando o atropelamento envolvendo o animal. No local os policiais constataram que a onça foi atropelada por um caminhão e que não resistiu aos ferimentos. Com impacto, houve danos no radiador do caminhão.

O animal foi levado para a sede do pelotão e nessa sexta-feira foi encaminhado ao hospital veterinário.

ONÇA PINTADA

A onça-pintada ou jaguar é o maior felino das Américas e o terceiro do mundo, ficando atrás apenas do tigre e do leão. Embora parecido com o leopardo, está mais próximo do leão. A onça-pintada ocorre desde os Estados Unidos (onde está praticamente extinta) ao norte da Argentina. No Brasil ocorre em todas as regiões. É um felino de porte grande, com peso variando de 56 a 92 quilos, podendo chegar a 158 quilos, e comprimento variando de 1,12 a 1,85 m sem a cauda, que é relativamente curta. Fisicamente semelhante ao leopardo, dele se diferencia pelo padrão de manchas na pele e pelo maior tamanho. Existem indivíduos totalmente pretos.

NA REGIÃO

Embora seja muito comum no pantanal de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e na região Amazônia, há registro de onças-pintadas em várias regiões de São Paulo. Nas regiões de Araçatuba e Andradina, indivíduos da espécie já foram vistos nas áreas próximas ao Rio Aguapeí e do Rio Tietê, notadamente onde há reservas de mata.  Essa espécie é característica de locais com matas e água, já que é excelente nadadora, inclusive com caça na água, atacando jacarés e capivaras, que ainda são muito comuns na região.

Como seus hábitos são noturnos e geralmente anda sozinha, a onça-pintada é mais difícil de ser vista.

Veja também

Polícia Ambiental fiscalizou 30 pontos de venda de peixe

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Nos dias de 21 e 22 de outubro de 2021 a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *