DESPEDIDA - Rudmar, delegado e artista plástica, com a esposa, professora Lurdinha REPRODUÇÃO

Morre o ex-delegado Rudmar Corazza

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

O advogado e ex-delegado de polícia de Andradina, Rudmar Soares Corazza, faleceu neste sábado (17), aos 84 anos de idade. Ele estava internado na Santa Casa de Andradina. O corpo foi velado na capela PAF e o sepultamento ocorreu às 14 horas, no Cemitério São Sebastião. Doutor Rudmar deixou viúva a professora Maria de Lourdes (Lurdinha), os filhos Alessandro e Gustavo e os netos Guilherme e Gabriel.

O casal Lurdinha e doutor Rudmar Soares Corazza chegou a Andradina na década de 1970. Ele como delegado e ela como professora de Artes no Instituto o Estadual de Educação de Andradina. Foram anos dedicados à polícia e ao magistério. Quando se aposentaram permaneceram em Andradina.

Doutor Rudmar, mesmo no ambiente policial, mantinha a tranquilidade e a cortesia. Voz serena, revelava tranquilidade e firmeza para agir. Mesmo atuando na polícia em plena ditadura, sempre soube respeitar o pensamento contrário. Além disso, como a mulher, gostava de artes e expressa seus sentimentos em telas, algumas que decoravam a sua sala na delegacia da Rua Guararapes.  Integrado à sociedade local, doutor Rudmar tinha largo círculo de amigos.

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Com a chegada de medicamentos para intubação, hospital estadual AME atinge totalidade de leitos

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ANDRADINA Desde quando o Governo do Estado de São Paulo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *