FALTA - Passageiros embarcavam no ônibus na rodoviária de Nova Independência

Falta de ônibus intermunicipal é motivo de reclamação de moradores de Nova Independência

Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – NOVA INDEPENDÊNCIA

Moradores de Nova Independência que trabalham em Andradina estão com problemas para conseguir transporte para cumprirem seus serviços. A empresa Expresso Adamantina, que fazia a ligação entre as duas cidades, retirou na última semana o ônibus intermunicipal que fazia o trajeto, deixando os usuários sem o serviço durante a última semana.
A reportagem da SRCTV tentou contato com a direção da empresa, que não atendeu às ligações feitas pela produção. O prefeito de Nova Independência, Fernando Macchi Santana, o Fernandinho (PTB), também não deu explicações à reportagem.
O transporte era realizado diariamente e cobrava aproximadamente quase R$ 15 por dia dos usuários para realizar o trajeto Nova Independência – Andradina, sendo o único meio de transporte público que liga as duas cidades.
Usuários do serviço que conversaram com a SRCTV afirmam que é a segunda vez que Nova Independência fica sem o transporte direto para Andradina, como explica Ângela, uma das passageiras.
“Já teve a primeira por conta da pandemia, agora aconteceu a segunda sem ao menos a gente ser avisado do que realmente estava acontecendo”, afirmou.
O passageiro Wellington não consegue ir para o trabalho desde segunda-feira (20), e afirma que corre o risco de ficar desempregado por causa da falta de transporte.
“Devido a essa falta de ônibus, o último dia que trabalhei foi segunda-feira, estou tentando comunicar meu patrão todos os dias para que ele não me deixe desempregado”, afirmou.
Já a usuária Maria fez um apelo ao prefeito Fernandinho para que ajude na resolução do problema da não circulação do ônibus intermunicipal.
“Ele pode dar esse suporte, ele é o prefeito. Olhe para nós Fernandinho, encarecidamente, somos seus eleitores aqui do seu município, faça esse favor pra nós”, pediu.

Outro lado
Segundo Fábio Barreto, secretário geral da prefeitura, afirmou que já foi feito tudo que estava ao alcance do poder público e acredita que nesta semana tudo será resolvido.
“A prefeitura fez aquilo que pode dentro do que é cabível nós fazermos. Entramos em contato com a empresa. Nesta segunda-feira fomos pegos de surpresa pela desistência do atual motorista. É uma empresa privada, que não temos acesso ao que acontece lá dentro. Infelizmente com a desistência dele aconteceu essa deficiência”, explicou.
Barreto afirma que a empresa contratou outro motorista que ainda está em treinamento e por isso o serviço segue paralisado.
“Ele está em treinamento, acreditamos que na segunda-feira já esteja operando normalmente”, projetou. (Colaborou Lian Lucas e SRCTV)


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Shopping faz entrega de mil exemplares de livro em escolas e entidades de Araçatuba

Compartilhe esta notícia!DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA Como parte da programação do mês das crianças, a …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *