18.2 C
Araçatuba
segunda-feira, maio 16, 2022

Três são detidos em flagrante com maconha e cocaína em Araçatuba

Três pessoas, entre elas uma adolescente de 15 anos de idade, foram detidas na noite de segunda-feira (22), em Araçatuba, por tráfico de drogas. As apreensões foram realizadas pela Polícia Civil e ocorreram nos bairros Hilda Mandarino e São José.

O primeiro caso aconteceu por volta das 18h15 na rua Afondo Paula de Souza, no Conjunto Habitacional Hilda Mandarino. Policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) receberam denúncia anônima de que um casal estaria comercializando entorpecentes no endereço.

Como o local já é conhecido nos meios policiais, inclusive com diversos flagrantes realizados, as equipes decidiram ir até lá para averiguar as informações. Chegando ao local, a polícia avistou uma adolescente de 15 anos, que ao ver a viatura se debruçou sobre um veículo VW/Brasília, estacionado na via pública.

Os policiais decidiram fazer a abordagem e flagraram a menor tentando esconder 19 pinos contendo cocaína, além de quatro porções de maconha. A jovem confessou que estava ali para vender as drogas. Os pinos com cocaína eram vendidos por dez reais.

A infratora ainda disse que o namorado dela, um desempregado identificado pelas iniciais M.R.P.S.J., de 21 anos de idade, recebeu uma cota com 26 pinos e seis eram dela como forma de comissão. Ele também foi encontrado no imóvel e com ele as equipes localizaram a quantia de R$ 50,00 em dinheiro.

Ainda de acordo com informações do boletim de ocorrência, os dois são namorados e já eram investigados pela prática delituosa. Diante de todas as evidências encontradas, a dupla foi encaminhada até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento.

O delegado plantonista decidiu manter a prisão do rapaz por tráfico de drogas e associação ao tráfico e a deixá-lo à disposição da Justiça. Já a adolescente permaneceu apreendida e seria apresentava na Vara da Infância e Juventude do município. Os entorpecentes foram apreendidos e passariam por perícia técnica.

A Polícia Civil abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso e tentar descobrir o fornecedor de toda a droga.

DISE

Cerca de 30 minutos da primeira ocorrência, policiais civis da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) também flagraram um homem de 27 anos, identificado pelas iniciais C.P.S.B., traficando drogas no cruzamento das ruas Fundador Paulino Gatto com a Otávio Coelho, no bairro São José, zona norte do município.

As equipes receberam uma denúncia anônima de que o indiciado estaria no local comercializando os entorpecentes. Diante das informações, um policial foi até o endereço de moto e disfarçadamente passou a observar a movimentação no endereço. Durante os 20 minutos que ali permaneceu, o policial percebeu grande movimentação de veículos. O suspeito ia até um cano de escoamento de água, pegava algo suspeito e entregava para as outras pessoas.

Com isso, o investigador voltou até a Central de Flagrantes e saiu com o restante da equipe em uma viatura descaracterizada. Quando eles fizeram a abordagem, o investigado estava contando diversas notas em dinheiro. Apo perceber a polícia, ele correu e só foi detido cerca de quatro quarteirões depois.

A polícia teve que usar a força física para contê-lo. Eles refizeram o caminho, mas o dinheiro não foi mais encontrado. Já dentro do cano foi localizada uma sacola plástica contendo 50 pinos com cocaína. O autor permaneceu em silêncio e apenas informou que já havia sido preso em outra ocasião por tráfico de drogas.

Ele foi encaminhado até a Central de Flagrantes, onde presto depoimento. O delegado plantonista decidiu manter a prisão e o deixou à disposição da Justiça. Após passar por audiência de custódia na manhã de ontem (23), o servente foi encaminhado para a cadeia pública de Penápolis, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região.

Ultimas Noticias