Quadrilha invade shopping, furta R$ 157 mil em celulares e acaba presa pela PM

Compartilhe esta notícia!

A noite de segunda-feira (26) foi de correria, susto e prisões em um shopping localizado na rua Carlos Pereira da Silva, no bairro Guabanara, em Araçatuba. Um adolescente de 16 anos foi apreendido e um rapaz de 22 e outros dois de 24 anos foram presos em flagrante depois que tentaram furtar mais de 50 celulares de uma loja dentro do centro de compras. Os produtos foram avaliados em aproximadamente R$ 157 mil. Um quinto participante da ação criminosa fugiu e até o fechamento dessa edição não tinha sido localizado.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais militares foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) por volta de 21h30, já que os seguranças do shopping viram pelas câmeras de segurança que dois indivíduos, supostamente participantes de um furto dois dias antes em outra loja no local, estavam rondando as adjacências do centro de compras na companhia de outros dois suspeitos.

Nesse momento, o circuito de monitoramento apontou movimentação dentro da loja da Claro, que estava fechada. Os PMs se dirigiram até lá e se depararam com um dos seguranças detendo o menor de posse de uma mochila. A polícia ordenou que ele a abrisse e lá dentro foram encontrados diversos celulares e acessórios. O jovem confessou o furto.

CONFISSÃO

Questionado, o menor explicou que estava acompanhado de outros quatro indivíduos, que estavam do lado de fora do shopping dando cobertura por meio de celular. O infrator acessou a loja por meio do forro, esperou o estabelecimento fechar, invadiu o local e subtraiu os aparelhos que estavam em um cofre.

Ele também revelou que é de Brasília (DF) e foi procurado por uma pessoa desconhecida que o convidou para praticar o furto. Depois, viajou até São Paulo e se encontrou com o restante da quadrilha na região do Brás. Lá, os criminosos combinaram e acertaram os últimos detalhes do furto.

A fuga se daria em um veículo Celta, que foi encontrado do lado de fora e acabou apreendido pela Polícia Militar. Existe a suspeita de que o veículo seria adulterado. Os outros três indiciados foram detidos do lado externo do centro de compras e outro conseguiu fugir.

Todos foram encaminhados para a Central de Flagrantes e prestaram depoimento. O delegado plantonista manteve a apreensão do menor por ato infracional de furto e o deixou à disposição da Vara da Infância e Juventude do município. Já os outros três foram presos em flagrante por furto qualificado, associação criminosa e corrupção de menor. Todos foram encaminhados para a cadeia pública de Penápolis. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações, já que existe a suspeita da participação de outras pessoas na execução do crime.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL entrou em contato com a administração do shopping a respeito dos fatos, mas até o fechamento dessa edição não recebeu retorno.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem condenado no Rio de Janeiro é preso em Três Lagoas

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS Pouco depois das 6 horas dessa quinta-feira, em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *