Pecuarista é detido com revólver durante operação da Polícia Ambiental

A Polícia Militar Ambiental deflagrou na manhã dessa segunda-feira (6) a Operação Abate com o objetivo de combater a caça ilegal e outros tipos de crimes contra a fauna em todo o estado de São Paulo. Na região de Araçatuba, os trabalhos começaram nas primeiras horas da manhã e foram cumpridos três mandados de buscas e apreensão. Um homem foi detido em São João de Iracema com um revólver de calibre 32.

A operação também contou com o apoio do Ministério Público e vai se estender até esta terça-feira (7). Além do combate à caça tem o objetivo de garantir o equilíbrio e a biodiversidade da fauna nativa e impedir que animais silvestres sejam alvo de maus-tratos por parte de caçadores criminosos. “A operação teve início com o cumprimento de 50 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça paulista distribuídos por todo o Estado, bem como com a intensificação do policiamento preventivo em locais identificados pela incidência de práticas relacionadas à caça, além de operações bloqueios nas rodovias de fronteiras com os Estados do Mato Grosso do Sul, Paraná e Minas Gerais a fim de combater o transporte irregular que fomentam o tráfico de animais”, informou a Polícia Ambiental.

Ao todo, 800 policiais militares ambientais dos Batalhões de Polícia Ambiental foram empregados em 135 viaturas.

REGIÃO

Em São João de Iracema, os policiais realizaram buscas dentro de uma residência e nas imediações da fazenda de um pecuarista de 55 anos. Foi localizado um revólver de calibre 32 no interior de um recipiente. Ele foi conduzido à delegacia e prestou esclarecimentos. Ele foi ouvido e liberado na sequência. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Veja também

Adolescente é apreendido com maconha pela Força Tática

Um adolescente de 17 anos foi apreendido na manhã dessa quarta-feira (19) depois de ser …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *