Operação prende quadrilha e recupera objetos roubados em Lins

Compartilhe esta notícia!

FOTO CEDIDA: J.SERAFIM SHOW

Quatro pessoas foram presas na tarde de sexta-feira (29) durante uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Lins. O objetivo da ação foi desmantelar suspeitos de diversos crimes na cidade, principalmente de roubo. Vários objetos de valor foram apreendidos durante os trabalhos.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que as equipes cumpriram diversos mandados de busca e apreensão em diferentes endereços na cidade. Além da participação de policiais militares do 44° Batalhão de Polícia Militar do Interior, também deram apoio o 13° Baep (Batalhão de Ações Especiais), o helicóptero Águia e diversos policiais civis. Ao todo foram apreendidos sete kits de joias, uma arma de fogo e um celular, todos produtos de roubos recentes no município.

Duas delegacias especializadas, a DIG (Delegacia de Investigações Gerais), Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e o Setor de Inteligência deram apoio operacional. Além dos objetos de valor, os policiais localizaram maconha, crack e até mesmo animais silvestres em situação ilegal, por isso foi necessária a vinda da Polícia Militar Ambiental para as devidas providências.

Os produtos apreendidos teriam sido roubados pela quadrilha em dezembro do ano passado. Os quatro foram encaminhados para a Central de Polícia Judiciária, onde prestaram esclarecimentos. Eles permaneceram à disposição da Justiça e vão responder pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e receptação. Eles foram transferidos para cadeias públicas da região de Lins. Até o fechamento dessa edição, a polícia ainda tentava levantar a identidade dos verdadeiros donos dos produtos encontrados em poder dos bandidos. O caso seguirá em investigação.

 

 

 

 

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Polícia Rodoviária apreende carreta com 400 mil maços de cigarros contrabandeados

Compartilhe esta notícia!Um homem de 47 anos foi preso na noite de terça-feira (2) depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *