Médico acusado de liderar esquema de desvios é preso pela segunda vez

Compartilhe esta notícia!

Policiais civis do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e GOE (Grupo de Operações Especiais) prenderam, pela segunda vez, o médico Cleudson Garcia Montali, de 46 anos. A prisão ocorreu no início da tarde de domingo (2). Ele é apontado como líder de uma organização acusada de desviar cerca de R$ 500 milhões de verbas da saúde por meio de licitações com OSSs (Organizações Sociais de Saúde) e Prefeituras. Cleudson cumpria prisão domiciliar desde o último dia 16 de abril, após decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), com base em questões de saúde. Mas, investigações mostraram que o atestado apresentado pelo médico era falso.

Cleudson estava detido desde então no Central de Ressocialização de Araçatuba. Após as suspeitas de fraude nos laudos médicos, a Polícia Civil cumpriu mandados de buscas nas residências de dois médicos, além de clínica e um laboratório para levantar dados para investigação da veracidade dos laudos apresentados juntos ao pedido de habeas corpus.

A prisão do médico anestesista ocorreu na casa do sogro dele, em Clementina. Também foram apreendidos quatro celulares, documentos e uma agenda contendo anotações de interesses para as investigações. Ele foi levado para a CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Araçatuba, depois para a cadeia pública de Penápolis e na manhã dessa segunda-feira (3) para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de São José do Rio Preto. As investigações continuam.

OPERAÇÃO RAIO-X

A Operação Raio-X foi deflagrada no dia 29 de setembro do ano passado após vários meses de trabalho investigativo. O grupo usava organizações sociais de saúde OS (Santa Casa de Birigui e Santa Casa de Pacaembu). Por meio destas instituições eram firmados contratos de gestão com municípios. Os recursos eram desviados por meio de contratos com prestadores de serviços. O esquema envolvia dezenas de pessoas. Na operação foram apreendidas propriedades, veículos de luxo e até uma aeronave. A justiça já autorizou a alienação de alguns bens.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem é preso com entorpecentes em Ilha Solteira

Compartilhe esta notícia!Um homem de 27 anos foi preso na noite de sexta-feira (7) depois …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *