Mais um caso de feminicídio seguido de suicídio é registrado em Pereira Barreto

Compartilhe esta notícia!

Mais um caso de feminicídio seguido de suicídio foi registrado em Pereira Barreto. Dessa vez, pela rua Cândido P, no bairro Cohab. O crime provavelmente aconteceu durante a madrugada dessa quarta-feira (24), mas só foi descoberto pelo filho do casal, de apenas 13 anos, no início da tarde.

A vítima é Luciana Aparecida da Silva, de 44 anos. Já o autor é o lavrador José Aparecido Ferreira Silva, de 46. De acordo com informações do boletim de ocorrência, os policiais encontraram o corpo de Luciana sobre um colchão com ferimento profundo no pescoço. Já o suspeito do crime estava nos fundos da residência, suspenso por uma corda.

Vizinhos contaram em depoimento que não escutaram nenhum tipo de briga ou discussão na noite anterior. Afirmaram, também, que o casal havia se mudado para o endereço há cerca de um mês. A Polícia Civil encontrou dois celulares na cena do crime, um deles pertencente a José Aparecido, o qual possuía mensagens de texto a familiares afirmando que mataria a esposa. Os aparelhos foram apreendidos e serão analisados pela perícia.

A residência também foi preservada até a chegada da perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nos trabalhos investigativos. O caso foi registrado como feminicídio seguido de suicídio. Um inquérito já foi aberto para dar andamento às apurações.

CRIME PARECIDO

No mês passado, um crime parecido também chocou Pereira Barreto. Na ocasião, um homem de 32 anos matou a tiros a esposa, de 27, e depois cometeu suicídio com a própria arma. O crime aconteceu na presença dos dois filhos pequenos do casal, de três e cinco anos de idade.

As crianças ficaram com os corpos do pai durante toda a noite e praticamente durante toda a manhã, até que chamaram ajuda por uma pessoa que passava pela rua e presenciou toda a cena. Os policiais militares foram acionados e constataram que se tratava de um provável feminicídio seguido de suicídio.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Advogado araçatubense morre em acidente na Rondon

Compartilhe esta notícia!O advogado araçatubense Madson Luís Brito Cardoso, 50 anos, morreu em acidente ocorrido …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *