DECISÃO - Sentença do juiz foi prolatada nessa quinta-feira (14)

Justiça condena homem que matou casal em Araçatuba

A Justiça de Araçatuba condenou a 42 anos e seis meses de prisão Laire Antônio Neves Feltrin. Ele matou a tiros o casal Clarice Miranda e Egídio Ribeiro, em outubro de 2014. O verdadeiro alvo da ação seria o filho das vítimas, que conseguiu se esconder em um quarto.

O júri ocorreu ao longo de toda a quarta-feira (24) e terminou na madrugada dessa quinta (25). Laire era o último réu que ainda não havia sido julgado, já que os outros dois foram condenados. O promotor do Ministério Público, Adelmo Pinho, disse que não vai recorrer da decisão. O cumprimento da pena será em regime fechado. A condenação foi pelos crimes de homicídio duplamente qualificado por motivo torpe, sem chance de defesa das vítimas.

Consta na denúncia do Ministério Público que o crime ocorreu por volta das 20h10 do dia 5 de outubro de 2014 na rua Aparecido Romando. O filho das vítimas manteve um relacionamento amoroso com com a filha de Carlos Alberto e depois de romper a relação continuou a procurá-la, causando incômodo e perturbação.

No decorrer das investigações também apurou-se que Carlos Alberto tinha outras desavenças com o filho do casal, inclusive três meses antes do crime tiveram um desentendimento. Em razão disso, o réu decidiu matar o rapaz e convidou os outros dois amigos, Emerson e Laire, para participarem da empreitada criminosa.

No dia dos fatos, Emerson e Laire, fazendo o uso de um veículo VW/Saveiro, foram até a residência do alvo e o encontraram sentado na calçada. Enquanto Emerson ficou dentro do veículo, Laire desceu, sacou uma arma de fogo e apontou na direção do alvo. Este, levantou-se rapidamente, correu para os fundos da casa e se escondeu em um quarto.

Laire entrou na casa, mas não conseguiu alcançar a vítima. Ele, então, cruzou com os pais dela e decidiu assassiná-los à queima roupa. Em seguida, Laire e Emerson fugiram. O casal não resistiu aos ferimentos e morreu. A prisão de Emerson ocorreu no mesmo dia do crime e as demais nos demais.

Veja também

Homem suspeito de cometer dupla tentativa de homicídio vai a julgamento

A Justiça de Araçatuba julga nessa quarta-feira (1) Sidnei Alves, acusado de cometer dupla tentativa …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *