22.8 C
Araçatuba
quarta-feira, agosto 17, 2022

Jovem denuncia o primo após ser abusada

A Polícia Civil de Araçatuba abriu inquérito para investigar um caso de estupro contra uma promotora de vendas de 22 anos de idade. O caso ocorreu na residência da vítima, localizada no bairro Jardim Umuarama. O suspeito é primo da jovem.

 

A declarante procurou a Central de Flagrantes durante a tarde de segunda-feira (15) para abrir um boletim de ocorrência. Ela contou em depoimento aos investigadores que estava no imóvel quando o primo chegou até lá para saber da avó. Acontece que ela viajou para visitar o filho que encontra-se preso na penitenciária de Lavínia.

 

O pedreiro, que não teve a idade divulgada, aproveitou estar sozinho com a vítima e tentou despi-la. A mulher conseguiu se esquivar das tentativas do primo e o repreendeu. Mesmo assim, ele teria a agarrado novamente e dessa vez conseguiu puxar a bermuda que ela vestia e ver suas partes íntimas. Logo em seguida, a jovem se trancou dentro de casa e deixou o autor para fora.

 

Ele fugiu e até o fechamento desta edição não tinha sido localizado. A Polícia Civil registrou o caso como estupro e abriu inquérito pelo segundo distrito policial do município para dar andamento às investigações sobre o caso. Apesar do susto, a promotora de vendas não sofreu ferimentos.

Ultimas Noticias