Idosos perdem mais de mil reais em golpe do falso vendedor de porteiro eletrônico

Compartilhe esta notícia!

Um casal de idosos, de 76 e 80 anos de idade, procurou a Central de Flagrantes na terça-feira (23) depois de cair em um golpe do falso vendedor de porteiro eletrônico. O crime ocorreu no bairro Traitu, em Araçatuba, na semana passada, mas só foi registrado agora. A Polícia Civil tenta identificar o autor.

Segundo informações do boletim de ocorrência, as vítimas contaram em depoimento aos investigadores que no último dia 16 de fevereiro receberam na casa onde moram um vendedor ambulante o qual disse representar uma distribuidora com sede em Itaquera, em São Paulo.

O suspeito vendeu para a mulher um kit de porteiro eletrônico contendo alarme e câmera, cujo pagamento seria em 12 parcelas de R$ 84,00. Para realizar a transação, a declarante passou o cartão de crédito. Após a negociação, o autor informou que no dia seguinte um trabalhador iria até a residência para instalar o eletrônico.

Antes de finalizar a visita, o suposto vendedor alegou que o cartão de crédito da mulher não havia sido suficiente para passar todo o valor da compra. Por isso, ele pediu ao aposentado para dar outro cartão e complementar o pagamento. O suspeito passou o objeto no valor de R$ 1.388,00 no débito em conta. Mas, as vítimas só se deram conta de que era um golpe quando o investigado já havia ido embora.

O casal tentou bloquear a operação, mas não conseguiu. Por fim, eles ligaram na operadora do cartão de crédito e conseguiram fazer o bloqueio do cartão. Os dois mencionaram à polícia de que o estelionatário estava em uma van branca, com placas de Birigui, acompanhado de mais quatro pessoas. A Polícia Civil abriu inquérito para dar prosseguimento às investigações. Até o fechamento dessa edição nenhum suspeito tinha sido localizado.


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem condenado no Rio de Janeiro é preso em Três Lagoas

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS Pouco depois das 6 horas dessa quinta-feira, em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *