Bandidos tentaram incendiar lojas do Calçadão durante assaltos

Compartilhe esta notícia!

Imagens de câmeras de segurança instaladas em lojas no calçadão de Araçatuba mostram que os bandidos que participaram do mega-assalto às agências bancárias do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal na madrugada da última segunda-feira (30) tentaram incendiar uma galeria na área central.

No vídeo é possível ver quando o criminoso despeja álcool na porta da loja. Em seguida, ele tenta riscar um fósforo por duas vezes, mas não consegue. Nervoso, o homem dispara um tiro de fuzil no vidro do estabelecimento comercial. A proprietária, Luciana Martiniano, contou em entrevista à reportagem que só ficou sabendo da tentativa de incêndio na tarde de quarta-feira (1).

“Eu pensava ser um tiro aleatório no vidro da loja. Eu não imaginava que ele tinha tentado colocar fogo aqui, até que o vizinho me mostrou as imagens. Foi a mão de Deus que evitou uma tragédia ainda maior na nossa cidade”.

BUSCAS

A reportagem apurou que a Polícia Civil realizou buscas durante todo o dia na zona rural do município. O foco é identificar ranchos ou sítios que os bandidos tenham ficado dias antes do assalto. Uma propriedade em que o suspeito chegou a pedir informações a respeito de estadia foi localizada.

Os veículos de luxo apreendidos após as ações e que se encontram na rua paralela ao prédio da Polícia Federal foram periciados. A intenção é que sejam encontradas digitais para identificação dos participantes da organização criminosa.

REFORÇO NA SEGURANÇA

No início da tarde, duas viaturas da Força Tática estiveram na lateral do Banco do Brasil e reforçaram a segurança. Policiais militares estavam armados com fuzis. A reportagem apurou que havia movimentação de transporte de dinheiro no local, por isso houve a necessidade da chamada da polícia.

Até o fechamento dessa edição, cinco pessoas permaneciam presas por participação direta nos crimes e outras duas seguiam detidas e ainda eram averiguadas.

FERIDOS

Último boletim médico divulgado pela Santa Casa durante a manhã informou que um dos reféns, de 31 anos, teve piora no estado de saúde. Ele passaria por cirurgia para retirada de um projétil alojado em um dos braços, mas apresentou intercorrência respiratória e teve que ser intubado. “O paciente segue em atendimento intensivo na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O quadro de saúde dele é grave, porém estável”, informou o hospital.

Outros três pacientes seguem internados na Santa Casa. Segundo a assessoria de imprensa, o estado de saúde deles segue estável, sem alterações clínicas.

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Homem é preso com droga no Nova Americana

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA O Setor de Investigações Gerais -SIG-,  da Polícia Civil …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *