CONFIRMADO - Prefeito Angelo Guerreiro está disposto a comprar vacina para atender a população de Três Lagoas

Três Lagoas adere a consórcio para adquirir vacinas contra covid diretamente das fabricantes

Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), passou a integrar o Consórcio criado pela Frente Nacional dos Prefeitos para compra de vacinas de maneira direta. O cadastro foi realizado terça-feira (02), demonstrando que o prefeito Angelo Guerreiro tem o interesse em adquirir lotes de vacinas contra a COVID-19 diretamente com as fabricantes, com recursos próprios do município.

 

O presidente da FNP, Jonas Donizette, declarou que a criação do consórcio abre aos prefeitos e prefeitas do país uma nova possibilidade de aquisição de vacinas, sem depender exclusivamente dos Governos Federal e Estadual, na distribuição dos lotes.

 

Pelo município, Guerreiro destacou a necessidade de aderir a todos os instrumentos possíveis para a contenção da transmissão do vírus. “O Consórcio precisa ainda ser formalizado para entrar em ação. Desde já, estamos interessados em fazer parte dessa ideia e todas as outras possíveis para conter a transmissão do novo coronavírus em nosso município”, disse.

 

O consórcio foi criado para fazer a intermediação de compra de vacinas diretamente pelas prefeituras cadastradas, mas, também não rejeita uma participação do Governo Federal nas compras. Os prefeitos têm até sexta-feira (5) para aderir ao consórcio.

 

CONSÓRCIO

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP) está liderando a instituição consórcio público para aquisição de vacinas contra a covid-19. Em reunião com mais de 300 prefeitos na segunda-feira, 1º, a entidade definiu os trâmites para que o consórcio seja constituído e instalado até 22 de março. O consórcio dará suporte aos municípios caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), do governo federal, não consiga suprir a demanda nacional.

 

Para participar, o município deve aderir à iniciativa, sem custo nenhum, até o dia 5 de março (sexta-feira) em formulário específico, disponível no site da FNP. A FNP reúne as 412 cidades com mais de 80 mil habitantes, mas os municípios que estão fora desse escopo também poderão participar. Até o momento, mais de 100 municípios já indicaram intenção de participar.

 

“O consórcio não é para comprar imediatamente, mas para termos segurança jurídica no caso de o PNI não dar conta de suprir toda a população. Nesse caso, os prefeitos já teriam alternativa para isso”, esclareceu o presidente da FNP, Jonas Donizette. Ele reforçou também que a primeira tentativa será para que os municípios não precisem desembolsar nada para aquisição das vacinas.

 

 


Compartilhe esta notícia!

Veja também

Descarte correto de pneus auxilia no combate aos focos de dengue no município

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS O recebimento de pneus inservíveis, mesmo com a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *