Home Cidades Prefeitura pode assumir serviços do Ministério do Trabalho

Prefeitura pode assumir serviços do Ministério do Trabalho

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Com o objetivo de reduzir os gastos, o Ministério do Trabalho está fechando várias agências no estado. Para evitar que os cidadãos fiquem sem atendimento no Município ou tenham que se deslocar até Campo Grande, o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, reuniu-se na segunda-feira (5) com o superintendente Regional do Trabalho/MS, Kleber Pereira de Araújo e Silva, e a chefe de seção de políticas de trabalho, Debora Rocha, em Campo Grande para discutir saídas que possam beneficiar a população.
Assim como em várias agências do Estado, em Três Lagoas os servidores federais estão se aposentando. Como não houve concurso para suprir a falta de servidores, além da política de contenção de despesas, o Governo federal está reduzindo as agências pelo interior do País.
Em Mato Grosso do Sul, a exemplo de Paranaíba, Aquidauana e outros municípios, a agência de Três Lagoas também será fechada.
Em busca de uma solução para não deixar os cidadãos desamparados, conforme Angelo Guerreiro, a prefeitura vai assumir os serviços da agência dando continuidade às ações de retirada de carteira de trabalho e assuntos relativos aos processos rescisórios do FGTS, seguro desemprego e outros benefícios.
O prefeito deve determinar nos próximos dias onde serão prestados os serviços. Guerreiro lembrou que pode ser no Centro Integrado de Atendimento ao Trabalhador – CIAT ou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

 


Compartilhe esta notícia!