23.6 C
Araçatuba
sábado, maio 21, 2022

Comissão de inquérito ouve representantes de concessionária

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Em continuidade aos trabalhos de investigação sobre a qualidade do fornecimento de energia em Três Lagoas, a Comissão de Inquérito (CI) da Câmara Municipal realizou, na noite desta terça-feira (23), a reunião para ouvir representantes da concessionária dos serviços, a Elektro. Na noite anterior (22), a comissão ouviu representantes da Secretaria de Infraestrutura e ainda pretendem ouvir a Secretaria de Finanças e Orçamento.
A Comissão, formada pelos vereadores Apóstolo Ivanildo, Jorginho do Gás e Realino, interrogou dois representantes da Elektro, o superintendente de operação, Luis Ântonio Porta, e o especialista comercial, Fábio Costa. Eles estavam acompanhados do advogado Fabiano Farran Leal. Porta apresentou dados da empresa e explanou sobre a iluminação pública e investimentos feitos.
Em Três Lagoas, segundo ele, são 17.171 pontos de iluminação pública de responsabilidade da Elektro. Foram feitas 1.372 podas de árvores na área urbana em 2018, embora a Lei Municipal nº 2.277/2008 defina que esta seja uma responsabilidade da prefeitura, afirmou Porta. Sobre a iluminação pública, ele demonstrou que alguns postes são de responsabilidade compartilhada com a Elektro e outros são exclusivos do Poder Executivo, como em praças e determinadas avenidas.
Falando sobre investimentos, Porta ressaltou que, de 2014 a 2017, foram investidos R$ 28,5 milhões no município. Apenas em 2018, ele ressaltou, o investimento é de R$ 22 milhões, sendo que somente a implantação de mais um gerador custou R$ 8 milhões. Além disso, está sendo feita a compra de um terreno para uma nova subestação, que deverá operar a partir de 2020.
Durante a sessão, os membros da comissão fizeram vários questionamentos em relação aos serviços prestados pela concessionária, relatando reclamações de moradores.

 

Ultimas Noticias