ACOLHER - Para integrar o programa, a deve passar pela capacitação

Capacitação prepara famílias para receber crianças em situação de acolhimento

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

O Serviço de Família Acolhedora da Secretaria Municipal de Assistência Social está realizando mais uma capacitação de famílias três-lagoenses que querem a experiência de acolher crianças que estão afastadas do convívio com suas famílias de origem e abrigadas em Unidades de Acolhimento.
De 19 a 25 deste mês de novembro, seis novas famílias estão acompanhando as palestras que, nesta edição, estão sendo ministradas pela especialista em Acolhimento Familiar, Neusa Cerutti.
De acordo com a coordenadora do Serviço, Erica Húngaro, estes novos participantes tiveram interesse pelo Acolhimento após a busca ativa realizada pela equipe no mês de outubro. Entre eles, uma família residente no Distrito de Arapuá também gostou da missão do Serviço e está participando de forma online.
Entre os temas abordados na capacitação, as famílias estão conhecendo a contextualização histórica do acolhimento no Brasil, atribuições e competências da equipe técnica deste Serviço, obrigações da família acolhedora, questões jurídicas e psicológicas, entre outros.
Ainda, os novos interessados vão conhecer famílias acolhedoras em exercício e suas experiências com as crianças inseridas no Serviço, tendo uma base de como funcionará esta relação.

Equipe da SMAS
Erica pontua que a adesão de novas famílias “proporciona uma esperança para as crianças que necessitam muito desta aproximação com uma realidade familiar, mesmo sendo temporária. Este tempo será de muita importância para a formação psicológica da criança, que está afastada do convívio familiar de origem ou sob proteção judicial”, explicou.
Erica agradeceu a cedência da sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPM) para a realização da capacitação e à equipe do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), por apoiar a vinda da palestrante.
Neusa é assistente social, especialista em fundamentos do trabalho do Assistente Social e enfrentamento da violência intrafamiliar, mestranda em Serviço Social, membro pesquisadora na área da infância inscrita no CNPQ pela Universidade estadual do Oeste do Paraná Unioeste/Toledo e Bacharel em Direito.

SERVIÇO
Famílias interessadas em participar podem procurar a equipe do Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora, pelos telefones (67) 3929-1454 e (67) 99286-0561 ou pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h, na própria sede, localizada na Rua Zuleide Perez Tabox, número 97, no centro.

Veja também

Araçatuba não terá mais vacinação aos sábados; moradores que tomaram dose única já podem procurar reforço

Diego Fernandes – Araçatuba Araçatuba não terá mais vacinação contra a covid-19 aos sábados. A …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *